A Receita Estadual disponibilizar a partir da quarta-feira, 27, uma versão online da Guia de Informação e Apuração do ICMS (GIA).

Com isso, os contribuintes poderão realizar atualizações ou corrigir imprecisões declaradas no documento pela internet, desde que dentro do mês seguinte ao de referência.

Até hoje, os contribuintes precisavam procurar uma repartição da Receita Estadual para fazer retificações. Só no mês de setembro, foram 5,8 mil processos de alterações registrados nas repartições de todo o estado.

Com o modelo de atualização não presencial, a expectativa da Receita é beneficiar em torno de 75 mil empresas que estão inscritas no Cadastro Geral.

“Esta medida atende solicitação do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), e com isso todos os principais serviços da Receita Estadual estão disponíveis pela internet”, afirma o subsecretário da Receita Estadual, Júlio César Grazziotin.

A Guia de Informação e Apuração do ICMS é uma declaração mensal, exigida pela legislação, cujas informações devem refletir a escrituração efetuada no Livro Fiscal Registro de Apuração do ICMS.

A finalidade é demonstrar a apuração mensal do imposto, bem como apresentar outras informações de interesse econômico-fiscal das empresas.