Cielo compra Braspag e foca e-commerce

24/05/2011 10:17

A Cielo, especializada em equipamentos e soluções para meios de pagamento eletrônico, acaba de adquirir a Braspag, braço de pagamentos online do Grupo Sílvio Santos.

A empresa adquirida tem, segundo dados próprios, 65% de market share no segmento brasileiro de processamento de pagamentos para e-commerce.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cielo, especializada em equipamentos e soluções para meios de pagamento eletrônico, acaba de adquirir a Braspag, braço de pagamentos online do Grupo Sílvio Santos.

A empresa adquirida tem, segundo dados próprios, 65% de market share no segmento brasileiro de processamento de pagamentos para e-commerce.

Atuando como um gateway, a plataforma da Braspag faz a integração entre a loja virtual, instituições financeiras e adquirentes, sendo responsável por capturar, rotear e gerenciar as transações de pagamento com cartões, boletos bancários e débito direto.

Além disso, a Braspag também oferece serviços como consolidação do processo de contas a receber de e-stores.

Com a aquisição, a Cielo amplia seu portfólio de ofertas de meios de pagamento, agregando a ele boletos e débito direto, além de serviços agregados como conciliação financeira e inteligência antifraude.

Apesar da compra, a Cielo divulga, em comunicado, que “continuará a atuar em parceria com outros gateways do mercado, para atender a demanda de clientes que optarem por outra solução”, além da oferecida pela Braspag.

A Cielo opera, atualmente, com equipamentos para pagamento eletrônico, em cerca de 1,1 milhão de estabelecimentos no Brasil, cobrindo 98% do território nacional, segundo dados da própria companhia.

Já a Braspag foi fundada em 2005 e, em 2009, foi comprada pelo grupo Silvio Santos, em uma transação de aproximadamente US$ 25 milhões.
 

Veja também

Braspag lança a solução Pagador Desktop

A Braspag, empresa de soluções de pagamento e serviços financeiros para e-commerce, anuncia o lançamento do Pagador Desktop, suíte de aplicativos que permite à loja virtual estar conectada ao banco de dados da companhia e armazenar internamente todo o histórico de transações de compras feitas no site.

Inicialmente, a solução estará focada em atender as empresas que já utilizam o Pagador 1.0, gateway de pagamento da companhia.

Polishop automatiza pagamentos com Braspag

A Polishop, canal de venda presente em ambientes virtual e físico, fechou acordo com a Braspag, empresa de soluções de pagamento e serviços financeiros para e-commerce, para automatizar o processo de pagamento online entre consumidores e o portal.

O projeto teve foco na implementação do Pagador, gateway de pagamento que processa os pedidos de compra da companhia.

Segundo o diretor de e-commerce da Polishop, Felipe Brasil, a principal vantagem da ferramenta é a variedade de formas de pagamento.

Daniel Bento é o novo CEO da Braspag

Daniel Bento é o novo CEO da Braspag, empresa de soluções em pagamentos online.

O executivo já atuou como Country Manager da Decolar.com e foi diretor do Panamericano, de 2007 até 2008.

Na Braspag, Bento será responsável por agregar novas parcerias, expandir a presença da empresa para América Latina e Caribe e aprimorar os processos da organização junto aos clientes.

Braspag: cobranças periódicas no e-commerce

A Braspag, empresa do Grupo Silvio Santos, do setor de soluções de pagamento e serviços financeiros para e-commerce e com 75% de market share no Brasil, anuncia o serviço de Pagador Recorrente voltado ao comércio eletrônico.

A plataforma permite que lojistas virtuais realizem cobranças de mensalidades, assinaturas, recargas e contas pós-pagas dos e-consumidores.

Braspag: antecipação Visa para e-commerce

A Braspag, empresa do Grupo Silvio Santos especializada em soluções de pagamento e serviços financeiros para e-commerce, lança o Antecipação Visa, serviço que permite às lojas vistuais antecipar o fluxo de pagamento que têm a receber da operadora de cartão de crédito.

CEF quer 10% da Cielo

A Caixa Econômica Federal está negociando a compra de participação na Cielo, com objetivo de ter pelo menos 10% do capital da líder em meios de pagamento eletrônico no Brasil.

A informação foi dada por uma fonte familiarizada com o assunto à agência Reuters.

Cielo tem redução de 3,5% no lucro líquido

A Cielo, obteve lucro líquido de R$ 424,7 milhões no primeiro trimestre de 2011, o que representa uma redução de 3,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Cielo: máquina de cartão de crédito no iPhone

Foi lançado nesta quarta-feira, 10, o primeiro app que transforma aparelhos com a plataforma iOS em uma máquina de pagamentos móveis dos cartões de crédito Visa, MasterCard e American Express.

O foco do programa  - que roda no iPhone, iPad e no iPod Touch - são profissionais liberais com médicos, dentistas, advogados e arquitetos, que ainda teriam receio em aceitar pagamentos com cartão em função do gasto com a máquina tradicional.

BB, Cielo e Oi querem pagamento via celular

O Banco do Brasil e a operadora de pagamentos Cielo firmaram acordo com a Oi para operar o serviço móbile payment no país.

A iniciativa objetiva ampliar a rede de aceitação de pagamento por telefone, que passará de 75 mil para 1,8 milhões de estabelecimentos.

“O nosso foco também é incorporar o programa de relacionamento com o cliente, Oi Pontos, já lançado no mercado de Telecom em parceria com outros segmentos”, acrescenta João Silveira, diretor de Mercado da Oi.

CPqD adapta rede da Cielo a novo PCI

A Cielo, uma das cinco maiores redes de pagamento eletrônico do mundo, contratou o CPqD para adequar os sistemas de varejistas integrados à sua rede ao novo padrão PCI (Payment Card Industry), criado pela indústria de cartões de pagamento com foco na expansão de regras de segurança.

Cielo conquista certificação do PCI
A Cielo (ex-VisaNet), maior rede de pagamentos eletrônicos do Brasil, acaba conquistar o Attestation of Compliance do PCI Council (Payment Card Industry).

Conforme comunicado da empresa, trata-se da “mais importante certificação existente na indústria mundial de cartões”.

O título é um padrão de segurança definido pelas maiores bandeiras internacionais de cartões e atesta a capacidade das empresas de evitar fraudes e vazamentos de dados.
Mercado Eletrônico: outsourcing para Cielo
A Cielo (ex-Visanet) anuncia nesta sexta-feira, 08, a contratação do Mercado Eletrônico, especializada em transações entre empresas pela internet.

A empresa conquistou a conta da Cielo após passar por uma concorrência, que durou cerca de seis meses.

Além de implantar um portal de compras, o Mercado Eletrônico prestará serviços de sourcing.