Guilherme Wroclawski, Romero Rodrigues e Heitor Chaves

O centralizador de ofertas de sites de compras coletivas e de clubes de compras do Brasil ZipMe, fundado há apenas dois meses, anunciou que teve 75% das suas ações adquiridas pelo BuscaPé nesta quarta-feira, 22.  

Os outros 25% continuam nas mãos dos jovens empreendedores Guilherme Wroclawski e Heitor Chaves. Não foram revelados valores.

Com a integração na plataforma tecnológica do BuscaPé,o Zip.me ganhará diversas novas funcionalidades e passará por um período de transição de três meses para uma nova marca, a SaveMe.

Hoje, o ZipMe já traz diariamente 115 ofertas de 39 sites de 25 cidades para uma audiência diária de 60 mil pessoas. Com a venda para o BuscaPé, o objetivo é quadruplicar sua audiência até o final do ano.

Em média, surgem dois novos sites de compras coletivas por semana e 39 já estavam listados no portal.. Estão planejados investimentos de R$ 5 milhões em mídia nos próximos meses.  

“Vamos agora começar a investir todo nosso know how tecnológico para transformar o ZipMe em SaveMe e consolidá-lo como a porta de entrada para quem procura super descontos em produtos e serviços na web, trazendo também para os lojistas uma visibilidade muito maior”, adianta Romero Rodrigues, presidente do BuscaPé.

De acordo Rodrigues, o projeto é integrar o ZipMe ao próprio BuscaPé e também ao Bondfaro , o que permitirá que os usuários dos buscadores de preços também visualizem ofertas dos clubes de compras e de descontos nas duas plataformas. O modelo de negócios será o pagamento por CPC (custo por clique) e por CPA (custo por aquisição).