Os cogumelos e tartarugas do universo de Super Mario Bros viram estrelas e urnas eleitorais na nova estratégia da campanha digital de Dilma Rousseff: um game claramente inspirado no clássico da Nintendo.

Chamado de Dilma Adventure, o jogo coloca a candidata na caminhada ao Palácio do Planalto, tendo que pular por obstáculos e desviar de seu arqui-inimigo: José Serra – além dos ataques aéreos de tucano que tenta acertar Dilma na cabeça derrubando objetos não identificados.

Para contra-atacar os inimigos, Dilma recolhe estrelas vermelhas, que podem ser jogadas nos “Serras” que encontra pelo caminho ao apertar a tecla “control”.

Ao contrário de Mario, no entanto, não vale pular em cima dos adversários. Dilma não pode nem encostar no Serra.

Assim como na campanha, a petista conta com a ajuda do Presidente Lula. Cada vez que uma estrela amarela é apanhada, o jogador tem direito a acionar o mega cabo eleitoral, apertando “shift”.

Lula aparece numa bola amarela, atropelando todo tucano que estiver pela frente.

A ideia do Dilma Adventure, explica o site Dilma na Rede, foi do professor Alex Leal, da disciplina de Jogos Digitais do Centro Universitário UDF em Brasília.

“O jogo é um projeto pessoal com a ajuda de mais quatro parceiros”, revela Leal, acrescentando que uma versão do game está disponível no Facebook e outra, para celular, está em testes.

O game pode ser acessado no link relacionado abaixo.