Miguel Reiser, diretor de marketing e comunicação do grupo GFT, publica artigo no Baguete nesta quarta-feira, 16.

O executivo fala sobre os desafios das redes sociais para os canais de distribuição dos bancos, no sentido de servirem como autênticas ferramentas de marketing para a instituição financeira.

"Trata-se de um instrumento para conhecer melhor os clientes dessas entidades e suas necessidades ou preocupações. As redes sociais são ideais para segmentar públicos e, em definitivo, integrar os serviços e as ofertas dos bancos em um canal de comunicação crescente que, graças às conexões com a internet móvel, não demorarão a substituir àqueles que acreditávamos imóveis, como o SMS", analisa Reiser.

O artigo está disponível na íntegra no link relacionado abaixo.