Facebook Places pode ser beneficiado com a nova patente

Uma patente obtida pelo Facebook deve dar ao site de relacionamento a propriedade intelectual sobre sistemas de sócio geolocalização.

A patente número número 7.809.805 detalha sistemas e métodos para redes sociais online com localização automatizada.

Segundo o site Cnet, a troca de mensagens de status, conhecidas como check-ins, estão entre os recursos de propriedade do Facebook. Também entram no documento o armazenamento desses check-ins e a possibilidade de rastrear a localização automaticamente.

Membros da indústria da tecnologia temem que essa patente traga muito poder ao Facebook, ameaçando serviços como o Google Latitude, Foursquare, Gowalla e Twitter.

Expoente na geolocalização, o Foursquare é um dos exemplos mais fortes. Pela rede, os usuários trocam dicas sobre os locais que frequentam e participam de um sistema de premiações por frequência de check-ins.

O Facebook, que chegou tarde na briga, chegou a tentar compara o Foursquare, mas desistiu no meio das negociações. Em agosto deste ano, a empresa de Mark Zuckerberg lançou o Facebook Places, que incorpora a geolocalização ao site.

Lançado em março de 2009, o Foursquare conta com 3 milhões de usuários. O Facebook tem 500 milhões.