ARM quer embarcar chips em metade dos dispositivos móveis até 2015

Metade do mercado de PCs móveis até 2015 é a meta da fabricante de chips ARM.

A meta de avançar sobre o mercado hoje dominado pela Intel foi declarada pelo presidente da companhia nessa segunda-feira, 20, segundo o site IDG Now.

Para alavancar sua participação, a ARM aposta no crescente interesse de consumidores por tablets, já que ela licencia designs para uso em chips fabricados por companhias como a Samsun, fabricante de modelos concorrentes do iPad, da Apple.

Além da Samsung, aparelhos como iPad (Apple) e Xoom (Motorola) usam componentes da ARM.

“Hoje temos cerca de 10% da parcela do mercado. Até o final de 2011, creio que teremos cerca de 15% conforme o mercado de tablets crescer”, disse o presidente da companhia, Tudor Brown.

Se mantiver o crescimento em 50% ano a ano – como deve ocorrer, segundo Brown, entre 2010 e 2011 – a empresa chegará na metade do mercado ainda em 2014.

Entre os primeiros trimestres de 2010 e 2011, o mercado de dispositivos móveis teve um crescimento de 19%, chegando a 427,9 milhões de unidades, segundo dados da consultoria Gartner.

Parceiros da ARM – como Samsung, Apple e Motorola – são, respectivamente, o 3º, 4° e 8º colocados no ranking da Gartner para o período. Outras marcas com ARM embarcado ocupam 5º (RIM) e 7º (HTC) lugares.

A finlandesa Nokia, líder absoluta com 30,6% do mercado no 1T11, também tem aparelhos com ARM.

De acordo com o IDG Now, as chances da ARM no mercado de PCs móveis cresceram quando, em janeiro, o CEO da Microsoft, Steve Ballmer, anunciou que a próxima versão do Windows estará disponível também para chips baseados na tecnologia ARM.

Leia a matéria do IDG Now nos links relacionados abaixo.