Perto: 1 mil PertoPay para HSBC

27/12/2011 12:11

A Perto acaba de acertar a venda de mil equipamentos para processamento eletrônico de meios de pagamento para a promotora de vendas Losango, do grupo HSBC.

A máquina, denominada PertoPay, possui aplicações que permitem a validação e a compensação eletrônica de cheques e a autorização de crédito automática.

Tamanho da fonte: -A+A

A Perto acaba de acertar a venda de mil equipamentos para processamento eletrônico de meios de pagamento para a promotora de vendas Losango, do grupo HSBC.

A máquina, denominada PertoPay, possui aplicações que permitem a validação e a compensação eletrônica de cheques e a autorização de crédito automática.

“A PertoPay tem display e impressora conectados via internet banda larga diretamente ao banco de dados da Serasa, o que garante uma resposta rápida”, destaca Margô Neff, gerente-nacional de Automação Comercial da Perto.

Segundo ela, a solução garante segurança aos estabelecimentos comerciais no recebimento de cheques, já que permite checar informações na hora, sem precisar usar o telefone, evitando a aceitação de cheques sem fundo.

“Embora esta não seja uma forma de pagamento tão utilizada quanto há 10 anos, dados da Serasa Experian mostram que o cheque representa 15,1% de todas as transações no país”, explica Margô.

A PertoPay também realiza outras operações, como antecipação de recebíveis, autorização de crédito, compensação eletrônica, custódia e garantia de cheques, crédito direto ao consumidor, pagamento de contas, e transferência eletrônica de fundos.

Impressoras alavancam negócio

Com sede em Gravataí, na Grande Porto Alegre, a Perto fechará 2011 com um crescimento de 20% sobre 2010 nas vendas de impressoras ao varejo – voltadas à automação bancária e comercial.

Foram 3.339 impressoras comercializadas em todo o ano.

Com cerca de 1.500 colaboradores, a companhia também tem filial em Alphaville, escritórios em 16 cidades e rede de suporte e serviços em todo o Brasil.

Seus produtos são exportados para 25 países.

Veja também

Perto vende 20% + impressoras no ano

A gaúcha Perto, com sede em Gravataí, na Grande Porto Alegre, fechará 2011 com um crescimento de 20% sobre 2010 nas vendas de impressoras ao varejo – voltadas à automação bancária e comercial.

Foram 3.339 impressoras comercializadas em 2011, com grande participação de clientes de peso.

Perto atualiza 25 mil ATMs para novas notas

A Perto, fabricante gaúcha de equipamentos para bancos e varejo, será a responsável pela atualização dos mais de 25 mil caixas eletrônicos de bancos como Banrisul, Bradesco, Banco do Brasil, CEF e Sicredi para permitir a circulação das novas cédulas de Real.

As novas versões, anunciadas pelo Banco Central no fim de 2010, começaram pelas notas de R$ 50 e R$ 100, que tiveram mudanças no formato e layout.

Perto: novos clientes com Equador e Venezuela

Setembro e outubro foram meses de engorde para a carteira de clientes latino-americanos da Perto, fabricante de soluções para automação bancária e comercial com sede em Gravataí.

Um dos novos clientes é o Banco del Pichincha, do Equador, que adquiriu 1 mil correspondentes bancários da Perto, todos com leitor de código de barras, de cheques e teclado PCI integrados.

Perto quer faturar 25% com Full Outsourcing

A Perto S/A prevê um crescimento acentuado da área de Full Outsourcing, podendo representar até 25% do faturamento total da empresa em 2015.

Solução lançada em 2007 que desenvolve, implementa, monitora e administra o parque de ATMs (terminais bancários) das instituições financeiras, o outsourcing não teve revelada sua participação atual no rendimento da companhia.

Em 2011, a empresa deve crescer 20% e atingir faturamento de R$ 320 milhões.

Perto: R$ 38 mi para ampliar em Gravataí

A empresa gaúcha Perto S/A, fabricante de soluções de hardware e software para os segmentos de automação bancária e comercial anunciou nessa quarta-feira, 15, o investimento de R$ 38 milhões para ampliação da fábrica em localizada em Gravataí – a 23 quilômetros de Porto Alegre.

IBM: lançamentos por um comércio mais esperto

A IBM anuncia o lançamento de um software e a criação de uma consultoria dedicada à categoria Smarter Commerce, ou “comércio mais inteligente”, com foco em empresas interessadas em participar do mercado digital.

HSBC: DDA com IBM reduz filas

O HSBC Brasil implementou o projeto DDA (Débito Direto Automático) para simplificar processos internos, com base nos softwares IBM WebSphere Message Broker v7 e Websphere MQ v7.0.

Conforme Fabricio Remor, gerente de Arquitetura de TI para América Latina do HSBC Brasil, o projeto reduziu filas nas agências.

“Agilizando tarefas rotineiras, como entrega e processamento de boletos eletrônicos para clientes, diminuiu a necessidade de pagamentos em papel”, afirma ele.

HSBC pode transferir sede da AL para SP

O banco HSBC pode transferir a sede da América Latina, que está instalada no México, para São Paulo, a partir de fevereiro de 2012.

A mudança é estratégica e tem como reflexo os resultados de 2010, quando o Brasil respondeu por mais da metade dos lucros do HSBC na América Latina, cerca de 60%.

HSBC vende carteira de clientes ao Itaú?

O Itaú Unibanco teria comprado a carteira de pessoas físicas do HSBC, informa matéria exclusiva do site especializado Relatório Bancário.

Detalhes da operação não foram revelados.

Segundo o site, no entanto, rumores dão conta de que o negócio segue o modelo da transação fechada entre o próprio Itaú e HSBC no Chile, anunciada em setembro, em que apenas a gestão de fortunas e mercado corporativo continuou sob o controle do banco britânico.

HSBC e Safra reforçam carteira da MSDevelop

O setor de serviços financeiros impulsiona o crescimento da gaúcha MSDevelop: só no que vai de ano, a companhia já agregou à carteira dois grandes contratos na área, com HSBC e Banco Safra.

Os novos clientes, além das áreas de outsourcing e vendas Oracle, fomentaram um crescimento de 51,4% na receita da companhia no primeiro semestre de 2011, em relação ao segundo semestre de 2010.