O aquecimento da demanda no mercado segurança eletrônica ajudou a TecVoz a crescer em 2010.

No ano passado, o faturamento da empresa, especializada em armazenamento, transmissão e captação de imagem e voz via rede ou internet, teve alta de 30% na comparação com o ano anterior.

Segundo a empresa, o desempenho foi impulsionado pelas vendas da linha de aparelhos Stand Alone, que armazena e permite acessar e visualizar remotamente as o áudio e vídeo capturado pelas câmeras em tempo real.

“O consumidor começou a perceber que a segurança é fundamental e a alta na demanda proporcionou a queda nos preços. Quando um prédio ou um condomínio de casas está sendo prospectado, a incorporadora já soma a segurança eletrônica como item de série na planta do empreendimento”, diz Paulo Yoon, diretor comercial da TecVoz.

Além do segmento residencial, as companhias começaram a investir mais em segurança interna, completa Yoon.

Para 2011, a empresa pretende entrar em novos segmentos, como a área de automação, em parceria com a Carlo Gavazzi, além da área de softwares para controle de segurança.

“Essa é uma área nova e temos muitas expectativas. Com esses novos desafios, nossa meta é de crescer ao menos 20% em relação a 2010”, finaliza Yoon.

Hoje com 140 mil clientes, entre diretos e indiretos, a empresa foi fundada em 1999.