Raimundo Peixoto. Foto: Gláucia Civa

Tamanho da fonte: -A+A

Se o seu data center fica em um lugar como Porto Alegre ou Austin (Texas), onde o verão é bastante quente e o inverno de frio rigoroso, pode desligar o ar condicionado e abrir uma janela, economizando milhares a milhões de dólares por ano em gastos de energia.

A comparação foi feita por Marcus Figueiredo, da Dell, para ressaltar a tecnologia Fresh Air da linha de servidores PowerEdge 12g, lançada nesta quarta-feira, 18, em São Paulo.

“A tecnologia permite que os servidores operem em temperaturas até 45°C sem afetar a garantia, economizando até US$ 3 milhões em custos de capital na instalação de novos data centers”, ressalta o executivo.

Além disso, os recursos dos novos PowerEdge aumentam o desempenho por watt em até 101 vezes com relação aos servidores da Dell de 10 anos atrás, permitindo que grandes centros de dados economizem até US$ 1,8 milhão por ano só em energia para servidores.

Já Henrique Sei, diretor de Venda de Soluções da Dell Brasil, acrescenta que a série PowerEdge 11g já tinha recursos para garantir a operação de data centers por até 1/3 do dia com ar condicionado desligado, o que pode aumentar para meio dia na linha 12g, dependendo do clima regional.

Recursos como os ventiladores dos servidores R720 e T620, que usam menos energia para refrigerar o sistema do que o necessário para manter ligada uma luz noturna, e o OpenManage Power Center, cria da parceria Dell e Intel que controla uso de energia no nível de servidor, rack, fila e sala a partir de interface única, incrementam a economia.

Os ganhos também vêm em espaço físico.

Conforme Raimundo Peixoto, presidente da Dell Brasil, a nova série tem capacidade de agrupar até 300 vezes mais máquinas virtuais SQL por rack, para uma maior utilização de centro de dados, em comparação com servidores Dell da geração anterior.

Com tudo isso, a meta da Dell para a geração 12g é agressiva: por hora, Peixoto não conta quantos nem quem, mas revela que já há clientes da nova série no Brasil, e destaca que, ainda este ano, 100% da base de clientes de servidores no país deverá migrar para a novidade.

“Também vamos agregar novos clientes, é claro. Mas não há como falar em uma projeção numérica, o lançamento é muito recente”, desconversa Peixoto.

Ao todo, a linha 12g traz sete servidores tipo blade, rack e torre.

Currículo atualizado?
Na nova série, destaque também para o gerenciamento, que está automatizado a ponto de fazer administradores de hardware de data center arrancarem os cabelos e tirarem o currículo dos arquivos.

“Na parte de administração de hardware, o gerenciamento não requer mais uma pessoa”, comenta Figueiredo.

Não é para menos: a 12ª geração Dell PowerEdge tem o Idrac7 com Lifecycle Controller 2.0, que permite gerenciar de forma uniforme a implantação, atualização, monitoramento e manutenção do ciclo de vida do servidor, o que pode economizar até US$ 2,5 milhões em manutenção dos servidores.
 
“É possível economizar tempo com monitoramento sem agentes usando mais de 400 sensores, incluindo memória, RAID, armazenamento e dispositivos de rede, num sistema de operação multifornecedor e ambientes de hypervisor, sem instalar agentes nem drivers de software”, comenta Figueiredo.

A linha 12g também permite instalar servidores com novo processo de implantação e provisionamento tipo "bare-metal", que requer até 86% menos tempo de engenharia e até 86% menos passos manuais, garante Peixoto.

As novidades também otimizam a produtividade – só o upgrade do Lifecycle Controller Log pode gerar economia de até 43 dias de tempo de administração por ano.
 
Além disso, é possível habilitar e configurar de forma remota uma seleção de componentes de rede entregues com servidores 12g, personalizar as soluções com uma biblioteca de mais de 65 scripts e aliar protocolos com padrões diversos, incluindo parceiros Dell como Microsoft, Vmware, BMC e SAP.

“Estamos falando de uma nova geração de TI, em que nuvem é realidade, que determina uma mudança brutal no storage: não seu fim, mas sua mudança de uma máquina para um ecossistema”, destaca Figueiredo. “Estamos prontos para atender a tudo”, garante.

Gláucia Civa cobriu o lançamento da linha PowerEdge 12g, em São Paulo, a convite da Dell.