A Dell planeja abrir uma segunda linha de produção na China no ano que vem, expandindo sua presença na região menos desenvolvida ao oeste do país.

Conforme as informações da Reuters, a nova instalação de produção e vendas da Dell será na cidade de Chengdu, eventualmente com um quadro de 3 mil funcionários.

Companhias estrangeiras do setor de tecnologia, desde HP à Acer, têm investido nos últimos anos na China, hoje o segundo maior mercado do mundo para computadores pessoais.

Para dar suporte à sua expansão no país, a Dell planeja contratar 500 funcionários em sua atual fábrica em Xiamen, na costa sudeste da China.

A receita da companhia na China saltou em 11 vezes entre 2000 e 2010, tendo crescido 52% no último trimestre, segundo a Dell.

"Nossas novas operações irão colocar a Dell em melhor posição para mais oportunidades de crescimento no oeste da China", disse o presidente-executivo da unidade da Dell no país, Amit Midha.