Tamanho da fonte: -A+A

A Dell fechou o seu segundo trimestre fiscal, encerrado em 29 de julho deste ano, com lucro líquido de US$ 890 milhões, resultado 63% superior na comparação com o mesmo período do exercício ano anterior.

Já em relação ao ganho de US$ 945 milhões do primeiro trimestre fiscal, houve um recuo de 6%.

A receita da companhia atingiu US$ 15,65 bilhões no período, representando ligeiro aumento de 1% ante o segundo trimestre do ano fiscal anterior, e alta de 4% ante o primeiro trimestre.

Segundo a empresa, o resultado foi puxado pela receita de serviços, que obteve expansão de 6% ante o segundo trimestre do exercício fiscal anterior, alcançando US$ 2,03 bilhões, e pelas vendas de servidores e produtos de redes, cujo aumento foi 9%, para US$ 2,5 bilhões.

A receita das divisões de mobilidade e software registraram, ambas, ligeiro crescimento de 1%, fechando o segundo trimestre fiscal em US$ 4,76 bilhões e US$ 2,56 bilhões, respectivamente.

O destaque negativo foi o segmento de sistemas de storage, que computou retração de 20% na sua receita, a qual caiu para US$ 502 milhões.

Por fim, as vendas de desktops diminuíram 3% e ficaram em US$ 3,73 bilhões.