Apesar do prejuízo, a fabricante de processadores Advanced Micro Devices (AMD) comemorou o resultado no terceiro trimestre. A empresa anunciou  prejuízo líquido de US$ 118 milhões, ante perda de US$ 128 milhões registrada no mesmo período do ano passado.

A empresa atribui o resultado à demanda mais fraca do que o esperado, principalmente, no segmento de notebooks.

Na receita, a AMD chegou a US$ 1,62 bilhão, uma alta de 16% na comparação com o mesmo período em 2009, acima das expectativas de alguns analistas, que estimavam US$ 1,61 bilhão.