Positivo teve queda no lucro líquido

Tamanho da fonte: -A+A

Em 2011, a Positivo teve um lucro líquido de R$ 24,7 milhões, ou 74% a menos que o arrecadado em 2010, quando a empresa chegou aos R$ 95,6 milhões.

Já a receita líquida no ano foi de R$ 2,07 bilhões, resultado 10,9% inferior, na mesma base de comparação.

No último trimestre, contudo, a fabricante de PCs teve expansão tanto no lucro quanto na receita. O lucro líquido no período foi de R$ 45 milhões, 273% superior ao obtido um ano antes, e a receita totalizou R$ 617 milhões, alta de 4,6% na comparação trimestral anual.

De acordo com a Positivo, o bom desempenho no último trimestre se deve às vendas recorde de PCs no Brasil, que totalizaram 626,5 mil unidades.

Segundo a empresa, isso contribui para melhorar o resultado anual e ultrapassar a marca de 2 milhões de computadores vendidos no mercado nacional.

Somando as vendas no Brasil e Argentina, onde iniciou uma joint venture no ano passado com a BGH, o total foi de 2,4 milhões de PCs embarcados em 2011, aumento de 21,5%.

Os recuos no balanço da Positivo não são de agora. No ano passado, chegou a correr um boato de uma possível compra da empresa por uma grande marca internacional, o que foi negado pela brasileira.