Diebold: ATM tablet e outras novidades

14/06/2011 12:13

A Diebold Brasil anuncia uma série de lançamentos, entre eles uma ATM-Conceito, um terminal de caixa no formato tablet e um novo modelo de correspondente bancário focado no mercado latino.

O primeiro, batizado de ATM Wall, é um caixa eletrônico com parede formada por displays multitoque, que se acende quando um usuário se aproxima e apresenta uma interface que mais lembra um iPad ou iPhone.

Tamanho da fonte: -A+A

A Diebold Brasil anuncia uma série de lançamentos, entre eles uma ATM-Conceito, um terminal de caixa no formato tablet e um novo modelo de correspondente bancário focado no mercado latino.

O primeiro, batizado de ATM Wall, é um caixa eletrônico com parede formada por displays multitoque, que se acende quando um usuário se aproxima e apresenta uma interface que mais lembra um iPad ou iPhone.

Se o usuário escolher a função ‘saque’, por exemplo, a ATM apresentará ícones das cédulas e o usuário deverá arrastá-las até o local indicado de saída do dinheiro – nesse caso, uma fenda real na parede dispensará as cédulas.

Caso o usuário queira tirar seu extrato, também deverá escolher o ícone de extrato e arrastá-lo até o ícone da impressora.

Para manter a privacidade do correntista, no momento do uso, pequenas divisórias laterais de vidro tornam-se opacas automaticamente; e o acesso será por meio de biometria.

Outra novidade é o ATM para Compartilhamento, que utiliza uma plataforma de software que dá a cada instituição financeira autonomia para gerenciar as transações e a construção da interface com seu correntista.

Já o terminal de caixa “tablet” é o um PC de mão com tela de 10’ que incorpora uma série de periféricos, de modo a permitir várias transações bancárias, inclusive atender clientes na fila do caixa.

As novas soluções de autoatendimento da Diebold também conta com a série Opteva, que inclui desde um cash-dispenser com medidas bem reduzidas até os mais complexos, com verificação biométrica, que permitem o depósito de cheques e dinheiro em maço.

O Opteva BR610, por exemplo, é um terminal com função de consultas e saques que foi especialmente desenhado para instalação em lojas de conveniências, shoppings etc.

Já o modelo BR 620 possui todas as funções de um caixa eletrônico, incluindo saque, consulta, depósito, pagamento de contas e é ideal para antessalas de agências e postos de pagamentos de empresas e repartições públicas.

O Opteva BR 630, por sua vez, disponibiliza as funções de saque, consulta e possui reciclador de notas e depósito de cheques com imagem.

Outro novo terminal é o TPG 4500, preparado para receber pagamentos de contas em dinheiro e uso por não correntistas, dando troco em cédulas ou moedas.

Há, ainda, o TA 5000, terminal compacto para realizar operações financeiras em locais com pouca infraestrutura para informática. A máquina é voltada ao uso como correspondente não bancário.

A Diebold também apresenta novidades na área de segurança, especialmente para caixas eletrônicos.

A primeira delas é a do entintamento de cédulas – tecnologia pela qual o numerário presente nos cassetes dos caixas eletrônicos será pintado com uma tinta especial não lavável, nem com água e nem com solventes, em caso de tentativa de intrusão do cofre.

A tecnologia, desenvolvida pela empresa, foi pensada para que a tinta se espalhe apenas em caso de tentativa de abertura forçada ou não autorizada dos cofres das ATMs.

A companhia também lança um sistema integrado de segurança voltado para antessalas de agências e ambientes monitorados.

A solução estará integrada com os sensores dos terminais dos caixas eletrônicos, permitindo obter informações de qual sensor do terminal foi alarmado e com a imagem correspondente do CFTV sendo apresentada no sistema de monitoração, tudo centralizado na instituição financeira.

Com esta informação, dependendo da situação e do procedimento, o artifício de destruição do numerário poderá até ser acionado remotamente, além do acionamento de força policial, entre outros recursos.

A Diebold também apresenta uma nova impressora de recibos com impressão em ambos os lados, que permite reduzir o desperdício de papel; e a Impressora Híbrida, que é voltada ao segmento bancário e agrega maior velocidade à geração de cupons no caixa, com capacidade de autenticação de contas e boletos.

A impressora híbrida integra, em um único produto, impressão térmica e autenticação por impacto, tudo usando o mesmo papel térmico das atuais impressoras de recibo.

A máquina, apesar de nova, já é usada por clientes como Banco do Brasil, Santander, Itau e Caixa.

Sistemas para truncagem e processamento de documentos e projetor interativo multimídia, que agrega dispositivo de projeção, alto-falantes, comunicação sem fio, teclado e mouse, também fazem parte da lista de lançamentos da Diebold.

A companhia levará todos os lançamentos para o 210 Ciab Febraban, que ocorre da quarta-feira, 15, à sexta, 17, no ExpoTransamérica, em São Paulo.

A Diebold tem matriz em Ohio e conta com cerca de 16 mil funcionários, presentes em mais de 90 países.

No Brasil, está sediada em São Paulo, com mais de 3,2 mil colaboradores.

Além da área financeira, a empresa atende aos segmentos de indústria, comércio, governo, saúde e utilities.

No país, a companhia foi responsável, por exemplo, pela fabricação das urnas eletrônicas para as eleições de 1998, 2000, 2004, 2006, 2008 e 2010.

Além de fabricante, a Diebold também presta serviços como outsourcing, segurança, infraestrutura e suporte técnico.

Veja também

Diebold: software, hardware e serviço à saúde

A Diebold Brasil, que, segundo dados próprios, lidera o mercado de automação bancária no país, fabricando 100% das urnas eletrônicas usadas no país,apresenta lançamentos focados na vertical de saúde, em que passou a concentrar esforços há cerca de dois anos.

Diebold: 30% menos custos com bakcup com CA

A Diebold, especializada em sistemas de auto-atendimento integrados, adotou soluções da CA, em modelo on demand, para expandir a segurança e disponibilidade de seus dados.

Diebold: novo comando em marketing e vendas
A Diebold Brasil promoveu na quarta-feira, dia 26, Carlo Benedetto para a Diretoria de Marketing e Vendas.
 
O executivo que exercia o cargo de diretor de contas e comandava equipe de atendimento dos bancos HSBC e Nossa Caixa, assume agora um time de 30 profissionais, parte deles dedicados à área de novos negócios.
 
Diebold: R$ 143 mi em novas urnas para TSE

A Diebold Brasil, especializada em automação bancária, recebeu pedido adicional do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para fabricação de novo lote de urnas eletrônicas, elevando o volume contratado em janeiro de 2010 de 250 mil para 312 mil.

O valor do contrato é de R$ 143 milhões.

TSE amplia compra de urnas eletrônicas Diebold

A Diebold anunciou nesta terça-feira, 21, que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aumentou o contrato de urnas eletrônicas de votação com sua unidade brasileira, a Procomp.
 
O aumento do contrato eleva o volume de urnas que o TSE poderá comprar de 250 mil para 312,5 mil.

Ainda segundo o comunicado da companhia, o tribunal também encomendou um volume adicional de 117,5 mil terminais de votação à Procomp.

Diebold: 2 mil caixas eletrônicos revitalizados

A Diebold Brasil, anunciou nessa terça-feira, 23, a oferta de revitalização de caixas eletrônicos bancários (ATMs). A solução inclui restauração e descarte ecologicamente correto.

Segundo a empresa, cerca de 2 mil terminais de autoatendimento foram revitalizados pela empresa, e outras 5 mil restaurações estão contratadas.

Diebold: 2,5 mil servidores para Banco do Brasil

A Diebold Brasil vai fornecer 2,5 mil servidores para o Banco do Brasil.

O contrato - que soma aproximadamente R$ 8.993 milhões - foi fechado através de pregão eletrônico na modalidade de registro de preço, no qual a Diebold concorreu com Dell, HP e IBM.

Diebold ganha R$ 238 milhões com urnas

A empresa norte-americana Diebold teve um ganho de R$ 238 milhões com o fornecimento de urnas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o pleito desse domingo, 03. Metade dos equipamentos usados pelos eleitores foram da Diebold. Cada uma delas custa cerca de R$ 1 mil.

Segundo a empresa, foram fornecidas cerca de 250 mil urnas, produzidas em quatro meses, atingindo um pico de produção de duas mil máquinas por dia na fábrica de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais.

Dimep integra Diebold a relógios de ponto

A Dimep, especializada em sistemas de ponto eletrônico e controle de acesso de pessoas e veículos com 65% de market share no país, acaba de fechar negócio com a Diebold para integrar impressoras térmicas aos seus relógios de ponto.

O pedido inicial inclui 11 mil impressoras, mas até final de agosto deverão ser 30 mil unidades.

Diebold foca automação comercial

A Diebold Brasil, companhia que detém cerca de 60% do mercado de automação bancária do país, lança uma linha de soluções para automação comercial, com impressoras, servidores, terminais web e PCs para ponto de vendas.

De acordo com Juarez Sant’Anna, vice-presidente de marketing e vendas da Diebold, a companhia vem ampliando sua linha de produtos para o varejo e pretende utilizar sua estrutura de assistência técnica para prover serviços em nível nacional.

Diebold: 250 mil urnas eletrônicas
A Diebold Brasil, especializada em automação bancária, acaba de vencer a oitava licitação de urnas eletrônicas do TSE - Tribunal Superior Eleitoral para fabricação das urnas eletrônicas modelo 2009.

A concorrência prevê a encomenda de até 250 mil urnas, sendo que o primeiro pedido já foi feito para a produção de 165 mil e deve ser entregue entre abril e agosto.