A Brastorage, parceira de negócios da Tallard Technologies, lança no mercado brasileiro uma solução no modelo Storage as a Service.

Na modalidade, é possível pagar pelo uso do equipamento mensalmente, contando, ainda, com a implementação de projetos onde não há um budget inicial alocado.

“A entrega de armazenamento de dados como serviço permite que o custo de todo o processo seja transparente, facilmente divisível por unidade de negócios”, analisa Jeferson Martins Ferreira, diretor da Brastorage.

O executivo explica que a solução fica fisicamente instalada no cliente, sendo atualizada constantemente pela fornecedora. A manutenção, suporte e migrações também ficam por conta da Brastorage, que oferece opções para demanda de armazenamento na faixa de 30 TB ou mais.

“Também possuímos uma proposta do Storage as a Service para atender empresas de médio porte, com preço final significativamente mais competitivo do que os modelos tradicionais”, garante ele.

Ferreira cita um estudo do IDC, segundo o qual o custo por giga armazenado em uma empresa de médio porte nas soluções tradicionais situa-se em torno de US$ 7. Com a solução de sua empresa, ele afirma ser possível obter redução média de 30% neste valor.