A porto-alegrense AEL Sistemas vai quadruplicar sua área física para 10 mil metros quadrados, num investimento de R$ 20 milhões, informa a revista Amanhã.

O lançamento da pedra fundamental foi feito na última quarta-feira, 07.

Um Centro Tecnológico de Sistemas de Defesa também será construído no local, que deve ser finalizado em 2012.

Nos próximos cinco anos, a AEL que ampliar seu quadro de 240 para 500 funcionários.

Na unidade, serão desenvolvidos os sistemas eletrônicos de um equipamento conhecido como Estação de Armas Remotamente Controlada. O equipamento será embarcado em um novo veículo blindado do Exército Brasileiro, o Guarani.

Inaugurada em 1983, a AEL Sistemas é uma das poucas empresas brasileiras que desenvolvem soluções tecnológicas para as áreas de defesa, espaço, segurança e logística.

Em 2001, relembra a Amanhã, foi adquirida pela israelense Elbit Systems, que detém o controle do negócio tendo a Embraer como sócia minoritária (25% do capital).

Juntas, as empresas também administram a Harpia, que foi criada em setembro deste ano – e cujo controle pertence à Embraer, 51% do capital. A Harpia é responsável pelo desenvolvimento e fabricação de VANTs.

Em 2010, a companhia registrou um bruto de US$ 40 milhões – o dobro do obtido no ano anterior. Para 2011, a projeção de crescimento está em 50%.

Leia a matéria completa da Amanhã nos links relacionados abaixo.