A Bematech ampliou seu lucro em 47% nos primeiros nove meses de 2010, atingindo R$ 24,8 milhões, uma margem líquida de 10,1%.

No mesmo período e sempre em comparação com os nove primeiros meses de 2009, o faturamento chegou a R$ 244,7 milhões, um crescimento de 3,2% ano a ano.

Os negócios desaceleraram no terceiro trimestre, quando a receita chegou a R$ 80,1 milhões, queda de 6,7%. As receitas de software e serviços, por sua vez, já representam 37% da receita total do trimestre.

As vendas de novas licenças de software registraram crescimento de 37,8% ano a ano e a receita líquida foi de R$ 14 milhões, com expansão de 3,3% em relação ao 3T09 e de 14,1%, quando comparada com 2T10.

Um destaque do período foi a melhoria na margem bruta de software, que retornou aos patamares de 32,2%, acima dos 8,4% registrados no trimestre imediatamente anterior.

A margem bruta de hardware, por sua vez, evoluiu 3 p.p. sobre o terceiro trimestre de 2009. Assim, o lucro bruto atingiu R$ 33,1 milhões, equivalente a uma margem bruta de 41,3%.

A geração de caixa da Companhia no terceiro trimestre, medida pelo EBITDA ajustado por despesas não recorrentes, atingiu R$ 16 milhões, representando margem de 20%, superior em 1,5 p.p. à obtida no mesmo período de 2009, e em 4,6 p.p. em relação ao segundo trimestre de 2010.

Sediada em Curitiba, a Bematech atua na área de automação comercial para o varejo. São mais de 400 mil pontos de venda e 1,4 mil colaboradores em operações no Brasil, China, Taiwan, EUA, Argentina e Alemanha.