Paul J. Curlander, 57 anos, CEO da Lexmark nos últimos 12 anos, deixa o cargo para assumir a presidência executiva da empresa

Tamanho da fonte: -A+A

Paul J. Curlander, 57 anos, CEO da Lexmark nos últimos 12 anos, deixa o cargo para assumir a presidência executiva da empresa. A mudança faz parte do processo de sucessão planejada na empresa. Curlander vai se aposentar em 2011.

O Conselho de Administração da Lexmark nomeou Paul Rooke como novo presidente e CEO da empresa, além de diretor da companhia.

Curlander continuará na presidência do Conselho de Administração, onde vai auxiliar na transição e dirigirá a Perceptive Software. Durante 17 anos, o executivo trabalhou em diversos cargos de engenharia e administração na IBM, antes de ingressar na Lexmark quando a empresa se separou da IBM, há quase 20 anos, em março de 1991.

“O Conselho gostaria de expressar sua sincera gratidão e apreço a Paul, pelas várias contribuições feitas por ele como CEO”, disse Jean-Paul L. Montupet, diretor-presidente da Lexmark.

Rooke, 52, trabalha na empresa desde sua formação, e seu cargo mais recente foi de vice-presidente executivo e presidente do Departamento de Soluções de Imagens da empresa, onde atua desde julho de 2007. De 2002 a julho de 2007, Rooke atuou como vice-presidente executivo e presidente do Departamento de Serviços e Soluções para Impressão.

A Lexmark International fornece produtos de impressão e imagens, soluções e serviços às empresas de todos os portes.

Em 2009, a Lexmark comercializou seus produtos em mais de 170 países, e registrou aproximadamente US$ 4 bilhões de receita.