Tamanho da fonte: -A+A

A SML, empresa paulista provedora de soluções em gestão documental e automação de processos (GED/ECM) vai reforçar sua política de canais com objetivo de crescer entre 10% e 15% em 2009.

“Estamos abrindo um projeto de busca de novos parceiros especializados para integração de nossas soluções. Nossa meta é, especificamente, empresas de consultoria e que desenvolvam e/ou prestem serviços em TI”, declara Oerton Fernandes, diretor comercial da SML.

Entre as empresas com atividades que se casam às necessidades da SML estão desenvolvedores de software, consultorias e integradores de soluções.

Além da remuneração baseada no licenciamento e nos serviços especializados, a companhia estuda a liberação da comercialização na modalidade de cessão de uso, o que permitirá aos parceiros obter uma renda mensal. Os comissionamentos podem ser de até 35% sobre licenças de uso.

Atualmente, a SML conta com 12 empresas integradoras, sendo duas na América Latina, uma nos Estados Unidos e uma em Portugal, que utilizam a solução de GED/ECM na integração com sistemas legados, gestão e guarda de documentos físicos, BPO  e em projetos que envolvam hardware (scanners), atuando em verticais como Governo, Seguros, Financeiro, Saúde, entre outros.