Nesta segunda-feira, 06, as bolsas de valores norte-americanas despencaram e o índice Dow Jones caiu abaixo de 10 mil pontos, pela primeira vez desde 2004. Às 14h50, o índice marcava 9.758 pontos. O Standard & Poor's 500 também registrou queda, chegando a 1.032 pontos. 

Brasil
Influênciada pelos investidores estrangeiros, a Bovespa desabou quase 13% enquanto o câmbio disparou mais de 6%. Pela primeira vez na história da bolsa, o pregão foi suspenso duas vezes durante a manhã.

A interrupção, conhecida por circuit break, acontece para amortecer as ordens de compra e venda quando o mercado tem movimentações de grande impacto.

Não há registro de valorização entre as 66 ações do Ibovespa, que respondem por cerca de 90% do volume financeiro do pregão.

Segundo informações da Folha Online, este é o pior dia dos mercados desde o início da crise dos créditos "subprimes", na segunda metade de 2007.

Europa
As ações européias também tiveram queda recorde, com o menor patamar de fechamento em quatro anos. O índice FTSEurofirst 300 desabou para 1.004 pontos, superando a queda provocada pelo ataques que destruíram o World Trade Center em Nova York, em 2001.