Tamanho da fonte: -A+A

O grupo CCE, por meio de sua empresa de informática, a Digibras, começa a produzir computadores pessoais para o mercado corporativo a partir de setembro. Serão fabricadas máquinas sob encomenda, dentro do modelo da americana Dell. A expectativa é de que, no início, as vendas ainda representem um volume bastante inferior ao da produção para o varejo, iniciada em fevereiro, com investimento inicial de R$ 60 milhões.

O objetivo da CCE é faturar R$ 200 milhões com a venda de 300 mil computadores neste ano - o primeiro de atuação da Digibras -, 13% do total dos R$ 1,5 bilhão estimado para o grupo, que também possui outras quatro empresas.

Os principais parceiros são a MSI, de componentes, e a Intel, de chips. Os PCs saem de fábrica com sistema operacional Windows, da Microsoft, ou o software livre Linux. Nos próximos meses, a CCE entrará no negócio de notebooks e os servidores devem entrar na linha no início de 2007.