As agências digitais paulistas devem faturar cerca de R$ 405 milhões até o final do ano, um crescimento na ordem de 16% sobre os R$ 350 milhões contabilizados em 2008.

A informação foi divulgada pela Associação Paulista das Agências Digitais que realizou pesquisa no início do semestre com objetivo de avaliar o mercado digital do estado.

Ao todo, o estado de São Paulo reúne cerca de 830 agências digitais, o que representa 36% do mercado nacional e 63% das agências da região sudeste.

A pesquisa ainda aponta que, em 2009, este mercado empregou cerca de seis mil colaboradores. Entre os contratos de maior demanda na região, 40% ficam por conta de sites e hotsites.

Programação, criação e manutenção de redes sociais e campanhas online também tiveram grande procura.

"Não fosse um ano de crise, poderíamos ter crescido muito mais, pois o potencial de mercado para serviços digitais é gigantesco", declarou Cláudio Coelho, presidente da APADi.