Adriano Silva durante a campanha eleitoral. Foto: Divulgação, Novo.

Adriano Bornschein Silva, um empresário do ramo farmacêutico, foi eleito prefeito de Joinville, maior cidade de Santa Catarina e um polo nacional na área de tecnologia.

Com o resultado, Silva se torna o primeiro prefeito eleito no país pelo Novo, um partido político de orientação liberal, fundado em 2011 e disputado eleições desde 2016.

Silva fez 55% dos votos, vencendo Darci de Matos, deputado federal pelo PSD que concorria pela terceira vez à prefeitura da cidade.

O novo prefeito de Joinville é desde 2013 presidente da Pharma, empresa da família antes conhecida como Laboratório Catarinense, hoje tida como líder nacional em suplementos nutricionais. 

Silva tem uma história de participação em entidades empresariais, como Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais, Associação Comercial e Industrial de Joinville e ADVB Santa Catarina.

A vice é Rejane Gambim, jornalista com passagem por empresas como RBS TV, Rede Record, Jornal A Notícia e Rádio Itapema.

Em entrevista à CBN Diário Joinville, o novo prefeito colocou a atração de investimentos como prioridade. 

“Vamos acabar com a burocracia de Joinville para que mais empresas e mais empregos venham a ser gerados e deixar a cidade linda, para a gente ficar cheio de orgulho dela”, disse Silva.

Com quase 600 mil habitantes, Joinville é a maior cidade de Santa Catarina e a terceira maior da região Sul. O município representa sozinho uma quinta parte do PIB catarinense.

Joinville é um polo nacional de tecnologia, sendo o local de fundação de empresas como Datasul, Neogrid e mais recentemente, a ContaAzul.

A cidade também é sede da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII), uma entidade pioneira no assunto indústria 4.0 no país, que tem entre seus fundadores a Pollux e Embraco, duas grandes empresas sediadas na cidade.