CHINA

Alibaba se aproxima do Brasil

30/11/2018 12:13

In Hsieh, CEO da Agência de Promoção de Internet China Brasil, anunciou que o Alibaba chegará ao país.

O Alibaba, gigante de e-commerce chinês, chegará ao Brasil em breve. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

In Hsieh, CEO da Agência de Promoção de Internet China Brasil (CBIPA), anunciou em sua página do Facebook que o Alibaba, gigante de e-commerce chinês, chegará ao Brasil em breve.

O executivo não publicou nenhum detalhe sobre a movimentação, postando apenas uma frase sucinta: "Alibaba@Brasil, em breve".

A CBIPA foi fundada em 2016 CBIPA com o objetivo de atrair empresas e investidores chineses que queiram conhecer o mercado de internet brasileiro e a levar empresas brasileiras para explorar o mercado chinês. 

O presidente de organização é Yan Di, que já foi country manager do Baidu e presidente da ABO2O (Associação Brasileira de Online to Offline). 

No final de outubro, a CBIPA promoveu, em parceria com a Startse, o evento ChinaDay Conferece em São Paulo. O encontro contou com uma palestra de Victoria Stive, executiva do Alibaba. Victoria é responsável pelo Tmall na América Latina, shopping virtual do Alibaba.

O Tmall conta com 617 milhões de consumidores ativos, 60,9% de market share do e-commerce B2C na China e 258% de crescimento de vendas de produtos brasileiros nos últimos 3 anos.

O Alibaba é o maior varejista do mundo, com 57 milhões de pacotes entregues por dia em média. A companhia também foi responsável pelo maior IPO da história, levantando mais de US$ 25 bilhões na bolsa de Nova York.

A empresa, que assim como a Amazon também entrou no mercado de cloud, tem mais de 1 milhão de clientes no Ali Cloud.

Veja também

BULLYING
CEO da AWS tira onda com Oracle

Andy Jassy diz que clientes estão de “saco cheio” do concorrente e agora “tem uma alternativa”.

NUVEM
Chefão da Oracle vai para o Google

Mudam as empresas, mas o inimigo segue o mesmo: a AWS.

NOVA OPERAÇÃO
Ex-FireEye lidera Hillstone no Brasil

Leandro Roosevelt irá coordenar a implantação do escritório local da empresa.

FINTECH
Tencent compra 5% do Nubank

A dona do WeChat vai investir cerca de US$ 200 milhões no Nubank.