Intel com nova linha de processadores. Foto: divulgação.

A Intel anunciou esta semana o desenvolvimento de uma nova plataforma de chipsets - chamada internamente de Bay Trail - com o objetivo de aliar alto processamento e baixo consumo de energia, de olho no mercado móvel.

Segundo informações do Mobile Time, a fabricante pretende mostrar de vez a nova linha de processadores no Fórum de Desenvolvedores da Intel (IDF), que será em São Francisco daqui a duas semanas.

Usando a nova plataforma, a empresa criou três famílias de chipsets Bay Trail, cada uma dedicada a diferentes hardwares: tablets, desktops e smartphones Android e Windows Phone - esta última, que só deve chegar ao mercado em 2014.

Para ter uma ideia do consumo, enquanto os chipsets da família Core gastam 15 a 45 watts, os processadores Bay Trail usam menos de 2,5 watts. Isso permitirá lançar desktops sem a necessidade de ventilador interno.

De acordo com informações da Intel, os novos processadores podem ser três vezes mais poderosos que os da família Atom, embora não alcancem o poder de fogo da família Core.

Segundo Reinaldo Affonso, diretor de desenvolvimento tecnológico da Intel, a empresa tem credibilidade na parte de performance e qualidade, mas ainda tem como melhorar na eficiência no consumo de energia.

"A família Bay Trail traz essa questão de forma clara. Acreditamos que será uma mudança de jogo, acrescentando mais valor à marca Intel, agora com eficiência energética", complementa.