ESTRATÉGIA

Banco do Brasil: unidade foca em IA

30/07/2019 12:09

Banco deu uma sacudida no organograma e apostou em tecnologia de análise de dados.

80% das transações do BB já acontecem online. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Banco do Brasil acaba de anunciar uma reorganização interna, que inclui entre suas medidas a criação da Unidade Inteligência Analítica.

A nova unidade deverá centralizar o acompanhamento das evoluções, inovações e desenvolvimento de técnicas, ferramentas e soluções com uso de Inteligência Analítica e de Inteligência Artificial, aponta o BB em nota.

O banco não chega a explicar em detalhes o funcionamento da nova unidade, incluindo quem deve liderá-la, ou a quem ela estará subordinada no organograma interno.

Em linhas gerais, a orientação está clara: reduzir a presença física e o número de funcionários e apostar em tecnologia no atendimento.

O Banco do Brasil deve transformar em pontos de atendimento 333 agências espalhadas pelo país (o BB tem mais de 5 mil agências) além de lançar um plano de demissões voluntárias.

“Esse movimento do BB surge a partir da contínua melhoria e digitalização de processos e produtos; a revisão e o aperfeiçoamento do modelo de atendimento e de relacionamento e o robusto desenvolvimento de soluções para os canais digitais”, explica o banco em nota.

Hoje, 80% das transações feitas pelos clientes do Banco do Brasil já acontecem em celulares e na Internet. Ainda em 2017, foi lançado um chatbot para Facebook através do Watson, plataforma de computação cognitiva da IBM. 

O BB também está investindo no chamado open banking, um modo de trabalhar pelo qual empresas podem ter acesso ao seu sistema, visando ofertar serviços, na sua maioria online.

A lista dos parceiros inclui a startup de comparação de empréstimos consignados Bxblue e ContaAzul, uma plataforma de gestão em nuvem para pequenas empresas.

O BB foi o primeiro banco da América Latina a fazer uma operação estruturada de Open Banking com o lançamento do Portal do Desenvolvedor em junho de 2017.

A página para desenvolvedores concentra as informações das APIs (Application Programming Interface) que o Banco do Brasil oferece aos desenvolvedores de aplicativos, que, por sua vez, colaboram com a criação de produtos financeiros integrados. 

Veja também

EXPERIÊNCIA
Usuário acha cadastro de bancos digitais ruim

Milhões de reais foram gastos, mas os potenciais clientes não estão muito impressionados.

ANÁLISE
Big Tech quer dominar o dinheiro com Libra

Bitcoin queria substituir política por algoritmo. Agora o plano é bem outro. Uma análise em profundidade.

FINTECH
Ex-CEO do Pag lidera Liftbank

Executivos que atuaram nas empresas Pag!, Wine e Vale se uniram para lançar a nova fintech.

TENDÊNCIA
Como a cultura aberta pode ajudar o Open Banking

A novidade exige que as organizações interessadas melhorem suas capacidades técnicas.

CARREIRA
Martins troca Banco Renner por Midway

Midway Financeira está em processo de conversão em uma fintech. 

SEGURANÇA
Clientes de quatro bancos tiveram dados expostos

O servidor já está inacessível e não há indícios de que os arquivos tenham circulado pela internet.

STARTUP
MLabs recebe aporte da Domo Invest

A startup oferece recursos para gerenciamento de redes sociais.

NUVEM
Banco Fibra migra aplicações para AWS

O projeto contou com o suporte da Claranet Brasil.

QUALIDADE
Alelo melhora desenvolvimento com Yaman

Bandeira de benefícios melhorou seus processo internos.

TROCO
Cartão de crédito com limite de R$ 1 milhão

Seus problemas de dinheiro acabaram, cortesia do Banco Barigui.

DADOS
RTM: R$ 10 milhões em novo data center

Companhia focada no setor financeiro triplicou seu centro de dados.