GAMES

Fifa 15 não terá liga brasileira

30/07/2014 16:45

Fifa 15 não terá clubes e jogadores do campeonato brasileiro, mas seleção nacional estará presente.

Seleção brasileira seguirá no jogo.

Tamanho da fonte: -A+A

A Eletronic Arts anunciou nesta quarta-feira, 30, que o jogo Fifa 15 não terá clubes e jogadores do campeonato brasileiro. Com previsão de lançamento para o final de setembro, o game continuará contado com a presença da seleção brasileira, com uniforme oficial e escalação atualizada.

A empresa afirmou que a "ausência de clubes e estrelas nacionais se deve, principalmente, a algumas mudanças no processo de licenciamento no Brasil". Por isso, não foi firmado um acordo entre a EA e os detentores dos direitos de jogadores. 

“A razão de não terem sido incluídos os times brasileiros é que, como não teremos os jogadores, não seria consistente com o resto do mundo nem com a autenticidade do jogo”, completou a produtora.

A remoção de atletas e times brasileiros também afetou o game de futebol on-line Fifa World. 

"Até o final de setembro, a liga brasileira será removida de FIFA World e os respectivos jogadores também não farão mais parte dos pacotes do FIFA World Ultimate Team. Entretanto, todos os jogadores da liga brasileira que você já possui no seu time personalizado do Ultimate Team vão permanecer no game normalmente", explicou a empresa.

O concorrente Pro Evolution Soccer 2015, da Konami, terá os times e jogadores do campeonato brasileiro. 

O Fifa 15 prometeu mais anúncios sobre ligas e licenças no dia 13 de agosto. O game será lançado para PC, Xbox 360, Xbox One, Playstation 3 e Playstation 4 em 25 de setembro.

Veja também

ARGENTINA
Globant é a primeira latina na NYSE

Globant oficializou entrada na Bolsa de Valores de Nova York, sendo avaliada em US$ 400 milhões.

NOVOS MERCADOS
Samsung projeta óculos de realidade virtual

O periférico será equipado com tela OLED, "tão boa ou até melhor que a segunda versão do kit de desenvolvimento Rift".

INCUBAÇÃO
Fisiogames e Knewin graduadas do MIDI

O MIDI Tecnológico totaliza 73 empresas graduadas desde sua fundação, em 1998.