Marcos Malagola, diretor de produtos da Mega Sistemas. Foto: Divulgação.

A Mega Sistemas, desenvolvedora de softwares de gestão empresarial acaba de firmar parcerias com duas iniciativas ligadas a aceleração de startups: a Agência de Inovação da Unicamp (Inovacamp) e a 100 Open Startups, grupos que têm o objetivo de conectar os novos projetos com empresas do mercado.

"Em abril começamos a avaliar as primeiras empresas que estão dentro dessas duas iniciativas para encontrar aquelas que têm projetos alinhados à estratégia da Mega", conta Marcos Malagola, diretor de produtos. 

Malagola afirma que o objetivo não é focar somente nas startups que atuam nos mesmos setores que a desenvolvedora - como agronegócio, construção, manufatura e serviços. 

"Também estamos atrás de empresas que tenham projetos inovadores que possam, de alguma forma, alinhar ou complementar as soluções da Mega. Esperamos dar novos passos, buscando novas alternativas e ideias e, assim, garantir um produto de cada vez mais qualidade, além de um atendimento diferenciado em relação aos nossos concorrentes", explica.

A Inovacamp, criada pela Unicamp, tem o objetivo de colocar em contato alunos e ex-alunos da universidade que tenham ideias inovadoras de negócios com empresas dispostas a investir em seus projetos e até mesmo levá-los para dentro de sua operação para aprimorar seus próprios serviços e produtos.

Já o 100 Open Startups é um projeto internacional que consiste em uma plataforma de conexão entre startups e grandes empresas mantida por 70 corporações mundiais. Juntos, estes patrocinadores avaliam e montam um ranking anual com as 100 melhores startups, com o objetivo de gerar novas oportunidades de negócios para estes empreendedores.

Com 30 anos de mercado, a Mega tem sede em Itu, interior de São Paulo, e uma presença mais forte na vertical de construção. Outros mercados atendidos são manufatura, logística, combustíveis, agronegócios e serviços.

Em 2016, a empresa registrou receita de R$ 75 milhões, o mesmo resultado de 2015.