Segundo o IBGE, 88,4% dos domicílios com acesso à internet utilizam o computador. Sergey Nivens/Shutterstock.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) aponta que o microcomputador é o meio mais utilizado pelos brasileiros para acessar a internet, seguido do telefone celular e o tablet. O levantamento foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quarta-feira, 29. 

Segundo o estudo, 88,4% dos domicílios com acesso à internet em 2013 utilizaram o PC, enquanto a conexão via celular esteve presente em 53,6% da residências, e o tablet, em 17,2%.

A úncia região em que o celular superou o PC em termos de acesso à internet foi a norte, por causa das dificuldades de acesso e a infraestrutura menos desenvolvida. A pesquisa 

O estado que apresentou o maior percentual de acesso exclusivo via microcomputador foi Rondônia, com  61,1%. Já Santa Catarina teve a menor proporção de acesso exclusivo através de celular ou tablet (5%).

Quando se considera a utilização da web por meio de microcomputador, o contingente de pessoas foi de 78,3 milhões. 

A pesquisa aponta que 31,2 milhões de domicílios contavam com acesso à internet em 2013. Os dados significam que mais da metade da população do país (50,6%) não havia utilizado internet nos últimos 90 dias que antecederam o dia da entrevista.

A análise por distribuição etária mostrou que, em 2013, a utilização da internet foi mais frequente dentre os mais jovens: a maior proporção foi alcançada pelo grupo de 15 a 17 anos (75,7%). 

Ainda assim, em todos os grupos compreendidos na faixa de 10 a 39 anos de idade, o uso da rede ultrapassou 50%, segundo o TIInside.

Os percentuais decresceram com o aumento da idade, sendo que a menor proporção foi observada entre as pessoas de 60 anos ou mais de idade (12,6%).