A Senior lançou uma loja virtual para oferecer suas soluções. Foto: Divulgação.

A Senior lançou uma loja virtual para oferecer suas soluções. A plataforma foi criada pela Citrum, uma das startups finalistas do Inove Senior, programa de corporate venture que oferece aporte, mentoria e acesso ao mercado a negócios que demonstrem alto potencial de crescimento.

O novo sistema oferece aplicativos de mobilidade, soluções empacotadas, treinamentos, serviços de consultoria, entre outras opções, além de versões de teste de alguns sistemas.

“A Senior Store traz agilidade e autonomia ao processo de aquisição de soluções, otimizando a compra e contribuindo com a produtividade das empresas”, afirma o gerente comercial e pré-vendas da Senior, Anderson Felício.

A Citrum é responsável por uma plataforma de e-commerce que não cobra pela implantação . A loja paga taxas de acordo com os recursos que escolhe e pelo tempo que utilizar.

Entre os recursos disponíveis estão as principais formas de pagamento e envio, criação de hotsites, landing pages e páginas estáticas, área de comentários e avaliações de compradores, acesso a relatórios de acessos e vendas, integração com os principais ERPs do mercado, e outros.

O CEO da empresa é Marnei Kaufmann. Antes de fundar a startup, ele atuou na área de desenvolvimento de sistemas da FVG. A Citrum tem sede em Florianópolis.

A Senior tem investido no relacionamento com startups para aproveitar oportunidades de negócios. Além do projeto Inove Senior, a empresa abre espaço para outros projetos.

O primeiro Startup Weekend Blumenau, em junho, será realizado na sede da Senior e contará com apoio direto da empresa.

“Teremos voluntários durante os três dias de programação, atuando desde a divulgação da evolução dos projetos até o pessoal de staff, mentores e palestrantes. Nosso objetivo é fomentar a inovação, contribuir com a disseminação do empreendedorismo e estimular os empreendedores do Startup Weekend a inscrever suas ideias em programas de aceleração como o Inove Senior”, afirma Cacio Packer, gerente de Inovação da Senior.

A Senior fechou o ano passado com uma receita consolidada de R$ 224 milhões, uma alta de 16% frente ao ano anterior.

No período, a Senior registrou EBITDA de R$ 40,7 milhões (25% a mais do que o registrado em 2014).

O resultado ficou abaixo da meta de 25% projetada pela empresa, mas ainda assim é positivo se comparado com o benchmark das empresas brasileiras de software de gestão: a Totvs  fechou o ano passado com uma receita líquida de R$ 2,2 bilhões, uma alta de 3% frente aos resultados de 2014.