Aeroporto de Guarulhos vai com Cisco. Foto: divulgação.

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, adotou tecnologias da Cisco na integração e modernização de sua infraestrutura de tecnologia e telecomunicações em seu terminal 3.

O objetivo foi atender o crescimento no fluxo do aeroporto durante os próximos 20 anos, motivado também pelo aumento de tráfego durante os eventos esportivos realizados no Brasil, tais como Copa do Mundo e Olimpíadas.

No terminal foram implantados switches Cisco e mais de 500 access points, provendo rede Wi-Fi para passageiros e clientes, além da cobertura em todo ambiente corporativo. Com o projeto, de valor não divulgado, o local conta agora com uma arquitetura redundante, compartilhada como serviço para as companhias aéreas.

A tecnologia Cisco ampliou a largura de banda do sistema para 1,4 Tbps, entregando portas de 1Gb por segundo com qualidade e segurança para clientes em dois ou mais pontos do aeroporto.

Na prática, isso quer dizer que a infraestrutura Cisco é robusta o suficiente para suportar um tráfego de até 40Gb, advindo dos cerca de 1,8 mil usuários das redes (que utilizam aproximadamente 14 mil portas de acesso), além do tráfego do circuito interno de CFTV.

Segundo destaca a multinacional em nota, a velocidade final de conexão aumentou em pelo menos 10 vezes, foram essenciais para a implantação do check-in dinâmico e remanejamento de posições nos voos, o que reduziu custos para o aeroporto e para as próprias companhias.

Além dos ganhos em conexão, novas oportunidades se abriram para a exploração da tecnologia – principalmente do Wi-Fi. Com o uso do Cisco Connected Mobile Experiences (CMX), pela rede é possível analisar dados correlacionados dos usuários, além de estatísticas em tempo real de sua localização.

Já está prevista a expansão das redes para os Terminais 1 e 2 do aeroporto. Em termos de topologia, o desenho e a configuração da solução foram preparados para atender as demandas para os próximos 20 anos.

"A nova infraestrutura de TI do Terminal 3 e sua posterior expansão aos Terminais 1 e 2 visam a otimização e integração dos diversos sistemas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, reduzindo custos e convertendo tecnologia em benefícios aos usuários e melhoria nos serviços", destacou Luiz Eduardo Ritzmann, diretor de TI do GRU Airport.

Com mais de 100 destinos (sendo 59 internacionais), o Aeroporto Internacional de São Paulo é o principal e mais movimentado do país, com movimento diário de cerca de 830 pousos e decolagens e 108 mil passageiros, em média.