Makro vai de Oracle. Foto: divulgação.

A rede atacadista Makro, subsidiária do grupo holandês SHV na América Latina, adotou cerca de 40 soluções da Oracle para as cinco operações - Argentina, Brasil, Colômbia, Peru e Venezuela.

O projeto, implantado durante o ano passado, é baseado principalmente na adoção do Oracle Retail, solução para varejo que abrange ferramentas de gestão de compras e importação; controle de estoques, de preços e de promoções; gestão contábil e fiscal; planejamento comercial, de demanda, de abastecimento, alocação de produtos, operação de lojas e administração de categorias, entre outras.

Além disso, a implantação também incluiu outras aplicações como Buisiness Intelligence, E-Business Suite, Database, Fusion Middleware e Identity Management. O valor do contrato não foi divulgado.

O projeto, que recebeu o nome M40+, cumpriu um papel chave na expansão da rede, que em 2013 abriu novas lojas para atingir um total de 170 pontos de vendas sul-americanos.

O projeto foi elaborado com base em uma análise detalhada das oportunidades de mercado, permitindo a definição da visão e ambição para os próximos 40 anos - por isso o nome M40+.

Segundo Marco Antonio Souza, CIO do Makro, o objetivo foi buscar no mercado soluções que possam nos manter alinhados com a visão do varejo do futuro.

"É uma solução modular, o que nos possibilita um retorno mais rápido do investimento e um menor TCO”, explica o executivo.

No Brasil, a rede Makro conta com 78 lojas, espalhadas por todo o território nacional. Na região sul, são três lojas no Rio Grande do Sul, duas em Santa Catarina e quatro no Paraná.