Artia pretende organizar projetos. Foto: flickr.com/photos/bastique

O Artia, software para gestão de projetos com funcionamento desenvolvido no Brasil, triplicou nas últimas semanas o número de usuários internacionais. Já são 11 mil no total.

Disponível nas versões em português, inglês e espanhol, o programa tem usuários em mais de 50 países, localizados em todos os continentes. Ele foi desenvolvido para ser uma ferramenta para gestão de projetos e produtividade individual e da equipe.

Conforme a empresa, os métodos e técnicas utilizados permitem que cada usuário possa organizar e dar velocidade às suas pendências, projetos e compromissos.

Além do Brasil, os países com usuários que mais acessam o Artia são Portugal, Estados Unidos e Espanha. Em seguida aparecem os países da América Latina como Colômbia, Peru e México

O sócio diretor do Artia, Roberto Gil Espinha, acredita que a facilidade de uso do software e o help desk online disponível nos três idiomas fizeram com que a produto chegasse a outros países.

A ferramenta, segundo o executivo, é indicada tanto para uso pessoal como para profissionais liberais e empresas de todos os portes.

O Artia permite criar e gerenciar projetos, compartilhar tarefas com pessoas, empresas e equipes, apontar horas para administrar o tempo gasto durante o dia com cada atividade, visualizar atividades planejadas e realizadas, obter gráficos para apoio à decisões, entre outras funcionalidades.