App ajuda a mostrar onde foi feito o crime. Foto: flickr.com/photos/oliwilken.

A FingerTips, desenvolvedora de aplicativos mobile controlada pelo Grupo Mobi, braço digital da gaúcha RBS, e a Loja do Prazer, anunciaram o lançamento do SexSquare, um app que marca o local onde os usuários fizeram sexo.

Disponível para Android, o primeiro aplicativo brasileiro do gênero utiliza tecnologia de geolocalização para mapear o comportamento sexual de seus usuários.  

De acordo com seus criadores, o SexSquare tem como objetivo criar uma rede de usuários, anônimos ou não, que divulguem os lugares mais indicados dar aquela furunfada, com troca de mensagens e interação via Twitter.

Para participar, o usuário pode baixar o app gratuitamente neste link, preencher um cadastro simples – com apelido, gênero, idade, orientação sexual – e escolher entre 18 opções de avatares disponíveis.

Se não bastasse a safadeza de informar onde foi a transa, o usuário pode apimentar suas postagens com detalhes sobre como foi o sexo, dando notas para a relação, informando as posições utilizadas, acessórios utilizados e até mesmo se foi uma rapidinha ou mais carinhosa.

Os usuários que mais fazem check-ins recebem badges, para mostrar para os amigos quem é que mais comparece.

“Sexo é um assunto em alta nas redes sociais e com o SexSquare pretendemos estimular as pessoas a compartilharem suas experiências de uma maneira divertida e sensual, sem ser ofensivo”, afirma Breno Masi, diretor da FingerTips.