Franqueada da Coca-Cola em Manaus implementou o SCM Network Design. Foto: M. Unal Ozmen/Shutterstock.com

A Brasil Norte Bebidas (BNB), franqueada da Coca-Cola em Manaus, implementou a solução SCM Network Design, da Infor. Com o uso da ferramenta, a empresa pôde realizar uma análise do mercado e das possíveis rotas de distribuição para canalizar melhor os investimentos.

A BNB é responsável por levar seus produtos aos mais remotos pontos-de-venda da região, seja por transporte terrestre ou hidroviário. O maior desafio da empresa era entender qual a localização mais adequada para a instalação dos centros de distribuição. 

A nova solução mostrou-se a mais indicada para atender as especificidades de logística no ramo de bebidas e controlar a entrada de insumos e saída de produtos acabados.

Com a SCM Network Design, a empresa pode realizar a análise necessária para tomadas de decisões de sua cadeia logística. Como a ferramenta mostra os resultados das simulações instantaneamente, foi possível identificar, com os cenários desenvolvidos, as melhores opções de atendimento dentro da cadeia de suprimentos.

A solução da Infor é capaz de produzir análises com uma rede complexa de custos, receitas e restrições em uma única cadeia de suprimentos, ideal para a vertical de distribuição de bebidas.

"Conseguimos visualizar os custos de cada rede de abastecimento, o que nos possibilitou saber onde agir para melhorar nossos sistemas de transporte. A BNB terá ainda mais projetos concluídos com o Infor Network Design, como a instalação de duas linhas de produção e a abertura de um novo centro de distribuição", destaca Oskar Fritz, coordenador de projetos industriais na BNB. 

Segundo Yanco Takahasi, gerente do projeto BNB na Infor, a ferramenta foi instalada nos servidores da empresa, “possibilitando sua utilização em capacidade plena para elaborar os diferentes tipos de cenários, bem como explorar a solução ao máximo".

A BNB é distribuidora da Coca-Cola desde a década de 1970.

A empresa opera uma linha de produção capaz de encher 60 mil garrafas por hora. Nas unidades fabris de refrigerante, a empresa produz 20,5 milhões de caixas unitárias por mês.

O ano fiscal encerrado em maio de 2014 gerou receitas de US$ 2,8 bilhões para a Infor no âmbito global. O resultado foi 1,6% maior do que em 2013.

No Brasil, a empresa não é tão grande. Segundo dados da FGV, a Infor teve uma participação de 5% do mercado de ERP nacional entre as empresas com mais de 600 usuários em 2013  e aparece no grupo “outros” nos outros recortes da estatística.