Roberto Pereira da Silva, vice-presidente de transformação da Mutant. Foto: Divulgação.

A Mutant, empresa brasileira que recentemente anunciou o spin-off da Genesys e a aquisição da Unear, contratou dois novos executivos. Vito Chiarella Neto é o novo vice-presidente de clientes, enquanto Roberto Pereira da Silva assume como vice-presidente de transformação.

Roberto Pereira da Silva, graduado em engenharia pela USP, foi vice-presidente de operações na Contax e vice-presidente de customer operations na Nextel. 

Além disso, tem passagens em cargos executivos do Bradesco, American Express e Credicard. 

Silva será responsável por combinar a cultura da Mutant com as empresas que serão adquiridas, construindo a integração de produtos e transformando o modelo.

Chiarella é graduado em ciências contábeis com especialização em gestão de negócios e MBA em marketing. Ele atuou na presidência da Total Express por três anos. 

O executivo foi também vice-presidente de clientes na Sky por seis anos e teve cargos executivos no Grupo Abril, onde atuou por 15 anos.

A Mutant atende a clientes como Net, Banco Itaú, Claro, Sky, Smiles, Experian, Magazine Luiza e Banco Bradesco.

Em agosto, a gestora europeia de fundos de private equity Permira fez na Mutant seu primeiro investimento direto no Brasil. A empresa de software e serviços para call centers foi criada a partir da divisão da operação brasileira da americana Genesys, a Genesys Prime.

A política da gestora é comprar o controle de empresas, mas sem participar da gestão dos negócios. Somando os recursos usados na compra de participação e o que será aplicado na operação da Mutant, o valor total dos investimentos chega a R$ 500 milhões.