AQUISIÇÃO

Unico compra CredDefense

29/07/2021 15:46

A empresa paulista é especializada em soluções antifraude por meio de biometria facial.

Guilherme Cervieri, VP de estratégia e M&A da Unico. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Unico, companhia brasileira em alta no segmento de assinatura digital e biometria facial, anunciou a aquisição de 100% das operações da CredDefense, empresa paulista de soluções antifraude por meio de biometria facial.

A IDTech informou não revelar valor da compra por estratégia.

Fundada em 2014, a CredDefense possui uma plataforma que opera via web ou APIs, para empresas com volumes de consultas mais elevados, e no mobile através de SDKs embarcados nos apps de clientes e próprios.

Segundo o site NeoFeed, a empresa tem as locadoras de automóveis como o carro-chefe do seu portfólio, com 70% das locações no Brasil passando pelas suas soluções. São mais de 200 clientes, entre eles Localiza, Unidas e Movida.

Com um banco de dados e de imagens com aproximadamente 30 milhões de CPFs únicos, a CredDefense também está presente em mais de 40 mil pontos de estabelecimentos varejistas no Brasil.

Com a aquisição, a Unico busca fortalecer seu portfólio de serviços e funcionalidades para se consolidar como o maior ecossistema de autenticação digital no momento de uma compra, na solicitação de crédito, no processo de admissão e na validação de documentos a partir da assinatura eletrônica.

"A Unico tem uma estratégia ambiciosa de crescimento orgânico e por aquisições, além de forte investimento em tecnologia proprietária. A integração da CredDefense fortalece nossa capacidade de apoiar a digitalização segura do Brasil", explica Guilherme Cervieri, VP de estratégia e M&A da Unico.

De acordo com Cervieri, a compra permite integrar soluções antifraude a outras para simplificação de processos e redução de custos operacionais nas empresas.

A compradora ainda está formatando o modelo de integração da CredDefense, o que inclui a decisão de manter ou não a marca da empresa e se o ativo será transformado em uma unidade de negócios.

Neste primeiro momento, o que se sabe é que Ricardo Valverde, fundador da empresa, seguirá na operação e os 40 colaboradores da CredDefense integram agora o quadro de funcionários da Unico, que passou de 180 para quase 700 em 2021.

Entre os serviços ofertados pela CredDefense complementares ao da IDTech, estão as soluções para validação de identidade e prevenção de fraudes através de identificação e leitura de documentos, análise de comportamento de risco e propensão a fraudes. 

"Sempre buscamos novos segmentos e aplicações da biometria facial, com foco em proteger pessoas, empresas e prevenir fraudes financeiras. Sei que a Unico compartilha desse objetivo e garantirá o crescimento sustentável à operação combinada", afirma José Luís Volpini, CEO da CredDefense. 

Desde a sua fundação, em 2007, a Unico fez outras quatro compras: em 2009, a dotBR, desenvolvedora de software de gerenciamento de documentos e workflow; em 2017, a Arkivus, de biometria facial; em 2020, a Meerkat, de análise de imagens; e, em maio deste ano, a ViaNuvem, especializada em ferramentas que permitem a concessionárias vender carros on-line. 

A companhia pretende seguir com as aquisições como um dos seus pilares estratégicos, com um pipeline com mais de 80 empresas mapeadas. 

Entre os critérios, estão os times das empresas, a complementaridade de carteira de clientes ou de receita, a possibilidade de acelerar a entrada em um determinado segmento e também o portfólio de tecnologia da operação em questão.

A Unico é a líder no país em tecnologia de biometria facial, com projetos implementados em mais de 600 empresas, entre elas Itaú, Santander, Bradesco, Magalu, Pernambucanas, C6Bank, Banco Original e B2W. 

Sediada em São Paulo, possui escritórios em Londrina, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Em 2020, ainda sob o nome Acesso Digital, a empresa recebeu os investimentos de R$ 40 milhões da Igah Ventures e R$ 580 milhões do General Atlantic e SoftBank Latin America Fund.

Veja também

AUTO
Kavak chega ao Brasil com investimento de US$ 500 mi

A mexicana é especializada na compra e venda de carros usados e terá no país sua maior operação.

PLANTÃO
Globo vende data center no Rio

Comprador é a Elea Digital, que já tinha levado no ano passado os DCs da Oi.

CONTRATAÇÃO
Nuvini anuncia novo CFO

Aury Ronan Francisco irá preparar a área financeira da empresa para crescimento exponencial nos próximos três anos e obtenção de IPO.

FOCO
Neo: VP foca em digital

Companhia se mexe para ser vista como mais do que um player de BPO.

FINTECHS
Paschoal, ex-PayPal, vai para o Google Pay

A executiva assumiu como managing director da plataforma no Brasil.

TELEMEDICINA
SulAmérica: receitas médicas com Memed

A Docway, controlada pela mesma companhia, também está usando a plataforma.