Miguel Blauth, diretor de marketing da Under.

A Under, empresa de data center sediada em Porto Alegre, investiu R$ 500 mil em switches, roteadores e segurança da Juniper para o seus data centers em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O projeto durou seis meses, com apoio da parceria Juniper Wztech, de São José do Rio Preto, em São Paulo.

O plano da companhia é colocar outros  R$ 4 milhões nos próximos 36 meses em equipamentos.

A Under não dá detalhes sobre as dimensões dos centros, revelando apenas que a estrutura de São Paulo é capaz de atender mais de 10 mil clientes e o do Rio de Janeiro, outros mil.

A empresa adquiriu equipamentos da linha Virtual Chassis Fabric da Juniper Networks. Ela permite que até 20 switches interconectados operem como um Data Center Fabric de baixa latência e alto desempenho e que seja gerenciado como um único dispositivo.

Utilizando interfaces abertas, os switches da Juniper também oferecem suporte a arquiteturas de malha adicional, como projetos baseados em Camada 3, Spine e Leaf.

“Trata-se de um parceiro com atualizações tecnológicas constantes, diferente do que tínhamos anteriormente. A rede de dados é o aspecto mais crítico de nossa tecnologia, estando presente em todos as nossas ofertas”, diz Cristian Aires, diretor operacional da Under.

Em São Paulo, o core da rede no datacenter foi substituído, assim como os topos de rack dos servidores críticos para a entrega de alta disponibilidade com agregação de portas de todos os equipamentos dos racks, usando Virtual Chassi.

Já no Rio de Janeiro, a rede foi inicialmente implementada com todos os equipamentos Juniper switches da linha QFX, roteadores de borda MX e topo de rack com switches da Série EX da Juniper. 

Adicionalmente, foram integrados com firewall da Série SRX de alta disponibilidade no datacenter que irá proteger o ambiente e filtrar as redes internas e de clientes.

“Em breve iniciaremos um segundo datacenter na região de São Paulo, interconectado em anel de 10 Gbps, na qual a Juniper Networks deve ser incluída”, completa Aires.

A Under é a terceira companhia do país a oferecer a tecnologia Jelastic, na qual é possível o  conceito de plataforma como infraestrutura, permitindo rodar aplicações em Java, Node.js, Ruby, Python e PHP na cloud.

A expectativa é que pelo menos 50% dos seus atuais clientes de hospedagem tradicional, cujo número total não é revelado, migrem para o serviço só no primeiro semestre de 2015.

“Com o Jelastic é possível oferecer recursos como escalabilidade automática vertical e horizontal por meio de um painel de controle”, explica Carlos Miguel Blauth, diretor de marketing da Under.

A Under está há 12 anos no mercado e afirma ser uma das cinco maiores empresas de cloud computing do Brasil.