Usuários não estão se cuidando. Foto: flickr.com/photos/alexandre_formagio

Estudo realizado pela Blue Coat em parceria com a Solera Networks, afirma que 80% dos usuários de redes sociais não utilizam protocolos de segurança, como criptografia padrão para proteger suas informações pessoais.

Segundo informações do Ip News, os usuários que se encontram nos sites de redes sociais como o Facebook, Twitter, Google +, Reddit, entre outras, fizeram parte do universo pesquisado.

A ameaça não existe somente para usuários finais. Empresas pequenas e médias também têm apresentado falhas em suas políticas do uso da internet.

O country manager da consultoria, Marcos Oliveira, afirma que vírus, phishing, trojans, furto de informação, abreviação de links, botnets,  falsificação de pedidos, impostores e excesso de confiança por parte do usuário são as piores ameaças encontradas nas redes.

O estudo divulgado em janeiro mostrou que 87% das empresas não dispõem de políticas estruturadas e formais para acesso às redes e 70% ainda não estabeleceram políticas internas para a interação de seus funcionários por meio das mídias sociais.

Outro resultado afirma que 90% das páginas na web não solicitam um nome completo ou data de nascimento para acesso e 71% têm em suas políticas de privacidade a autorização para compartilhar dados dos seus usuários.