Tablets passam os notebooks. Foto: flickr.com/photos/bruciestokes

Um levantamento divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) aponta que o número de tablets vendidos no mercado brasileiro já superou a venda de notebooks.

O relatório, que contabilizou dados do mercado em agosto, apontou vendas de 627 mil tablets, um incremento de 134% na comercialização destes dispositivos em relação ao mesmo período no ano anterior.

O desempenho é 7% superior ao apresentado no mês imediatamente anterior e 3% acima das vendas registradas em agosto do ano passado, de acordo com dados do IDC.

Os notebooks, que até então ocupavam a liderança na categoria de PCs, na qual os tablets também se enquadram, tiveram 597 mil unidades vendidas em agosto, um recuo de 28% em relação ao ano anterior. Os desktops recuaram 16%, com 441 mil aparelhos comercializados.

Segundo a Abinee, de janeiro a agosto, o mercado de PCs e tablets atingiu 13.604 mil unidades vendidas. O mercado de PCs, incluindo tablets, teve um total de 1.665 mil vendas em agosto.

Assim, os tablets avançaram rapidamente para a liderança do mercado de PCs, com 38% do share de vendas, ultrapassando os notebooks (36%) e os desktops (26%).

No início do ano, o IDC anunciou uma previsão global de que os tablets assumiriam a liderança, com uma estimativa de 229,3 milhões de unidades vendidas em 2013, crescimento de 58,7% em relação aos 144,5 milhões de envios registrados no ano passado.

Conforme o relatório, os envios de PCs em geral, incluindo desktops e laptops, devem cair de 349,2 milhões para 321,9 milhões de unidades no final de 2013. Os envios de computadores portáteis (notebooks e netbooks) devem cair de 200,9 milhões para 187,9 milhões de unidades neste ano.