COMUNICAÇÃO

Canal de voz perde força nas empresas

28/09/2015 12:13

O uso de dados está crescendo e deve ser o principal meio de comunicação em 5 anos.

Canal de voz é o mais usado em 69% das empresas para contato com funcionários. Foto: Aaron Amat/Shutterstock.

Tamanho da fonte: -A+A

A pesquisa “A Conectividade das Empresas Brasileiras", realizada pelo Teleco em parceria com a Embratel, aponta que apesar da voz ainda ser o canal de comunicação mais usado pelas empresas, o uso de dados está crescendo e deve ser o principal meio de comunicação em cerca de cinco anos.

Segundo o estudo, em 69% das empresas os serviços de voz são o canal de comunicação mais usado com os funcionários, em 59%, com fornecedores e em 56%, com clientes. Mesmo sendo o principal canal de comunicação, a voz perdeu dez pontos percentuais em relação a pesquisa anterior.

O estudo mostra que cresceu o fornecimento de aparelhos celulares para funcionários. A pesquisa deste ano mostra que 73% das empresas oferecem dispositivos aos colaboradores, enquanto no ano anterior o índice era de 43%.

A oferta de celulares é maior na área administrativa, que responde por 38% dos aparelhos, seguida pelas áreas de vendas (23%) e comercial (21%). O uso de aplicativos corporativos atingiu 9% nas empresas.

O uso de dados avança mais lentamente no mercado empresarial comparado ao residencial. Até 2020, a soma de outros sistemas de comunicação no Brasil deve superar voz (fixa e móvel) na área corporativa. Na soma dos mercados residencial e corporativo, o prazo cai para dois ou três anos.

O uso de e-mails como ferramenta de colaboração é indicado por 92% das companhias que utilizam mensagens. O SMS, mesmo estando pressionado pelos serviços de OTTs, é o segundo colocado, sendo o canal preferido por 58% dos entrevistados. O WhatsApp aparece com 55%, destacando seu uso crescente na comunicação corporativa.

As redes sociais foram apontadas como canais complementares nas pesquisas, uma vez que seu uso não é prioritário na comunicação das empresas, mas são utilizadas por 81% delas para contato com clientes. O acesso dos colaboradores às mídias sociais é permitido em 40% das companhias entrevistadas.

As ferramentas de Comunicação Unificada aumentaram em 13% das empresas em 2014, atingindo o patamar de 38% em 2015. As funcionalidades mais utilizadas são videoconferência (48%) e PABX (43%).

O levantamento contou com a opinião de 400 empresas de pequeno a grande portes de cinco capitais.

Veja também

600 CONTAS
Jacareí: Google Apps para comunicação

A Spread fará a migração dos dados, a integração da solução e a instalação de 600 licenças.

FÓRMULA 1
BT: comunicação para a Williams

Os sistemas de comunicação de voz fixos e móveis serão reunidos pela BT em um único serviço.

CONTACT CENTER
Flex: IBM para comunicação

 Em três meses, a empresa reduziu em 25% o volume de e-mails trocados.

ESTABILIDADE
Mattos Filho: UOLDiveo para comunicação

O projeto contemplou links MPLS integrando todos os escritórios do Mattos Filho.

ESTRUTURA
Rio 2016: Embratel, Cisco, EMC e Atos

A estrutura de comunicação dos jogos será fornecida pelas quatro empresas, com dois data centers.