Hortifruti investe em solução da OKI Brasil. Foto: divulgação.

A Hortifruti, rede varejista nacional do mercado hortfrutigranjeiro, adotou soluções de etiquetação eletrônica da OKI Brasil para agilizar o controle e atualização dos preços de seus produtos.

O padrão de etiquetas foi adotado em integração com as tecnologias de ponto de venda (PDV) da Hortifruti, que também são da OKI. Com isso, a varejista centraliza as informações de preço para melhor gerir e resolver possíveis problemas na precificação.

Segundo a rede varejista, os preços podem ser atualizados em tempo real nas etiquetas, o que possibilita uma reação rápida da rede às mudanças de preços no mercado, com maior conveniência e transparência.

"Se no modelo tradicional do varejo seria necessário que um funcionário percorresse prateleiras para atualizar etiquetas impressas, o que poderia gerar a situação de descompasso entre o valor de prateleira e o valor cobrado no caixa, agora, por meio da alta tecnologia, é possível oferecer informações completas e atualizadas dos preços", afirmou a OKI em nota.

Outro ponto destacado pela Hortifruti é que as etiquetas poderão ser usadas em ações de marketing da rede, como no destaque de promoções e na propaganda de itens selecionados.

O projeto, que começou em Vitória, com a adoção de 1200 unidades das etiquetas eletrônicas, ganha expansão para mais duas cidades nos próximos meses, em julho, a unidade de Niterói (RJ) – cuja loja foi reinaugurada em julho, e em agosto São Paulo contará com as soluções.

Segundo Geraldo Barreto, Gerente de Projetos da Hortifruti, a meta é instalar as etiquetas em mais nove lojas esse ano e em todas as outras no ano de 2016.

"Dessa forma, nossos clientes têm acesso à atualização imediata de preços e às promoções de nossos produtos. Aquele velho problema de ter desconforto no caixa ao ser cobrado incorretamente é extinto com essa solução”, afirma o executivo.

Líder no setor de hortifrutigranjeiros no país, a Hortifruti tem 31 lojas nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. Especializada em frutas, legumes e verduras de alta qualidade, a empresa tem mais de 5,4 mil colaboradores, quatro centros de distribuição e uma frota própria com 239 veículos.

A rede registra um fluxo mensal de 1,8 milhão de clientes, que consomem cerca de 16 mil toneladas em produtos. Além disso, a empresa possui um cartão de crédito próprio, com 50 mil clientes ativos.