RIO 2016

Linktel expande wi-fi com iBwave

28/06/2016 09:48

A rede da empresa está disponível em locais como postos de salvamento e estações de metrô.

A Linktel firmou acordo com a iBwave Design para a implantação de rede para a Rio 2016. Foto: Alex Ferro.

Tamanho da fonte: -A+A

Com o objetivo de oferecer o melhor serviço de wi-fi nos locais onde possui seus hotspost, a Linktel firmou acordo com a iBwave para a implantação de sua rede de maneira rápida em vários locais de alto tráfego de dados por todo a cidade do Rio de Janeiro.

Com a tecnologia iBwave Design e do iBwave Mobile Planner, a operadora Linktel foi capaz de medir, desenhar, validar e implantar redes wi-fi de alta confiabilidade. 

Os projetos das empresas estão disponíveis em locais como postos de salvamento nas praias da cidade, incluindo Copacabana, sede de competições olímpicas como vôlei de praia, natação em águas abertas, triátlon e paratriátlon.

Além disso, a rede está em 23 estações das linhas 1 e 2 do metrô, que registra uma média diária de mais de um milhão de passageiros.

O wi-fi da Linktel está também nos Aeroportos do Galeão e Santos Dumont, além de vários centros comerciais, que contarão com um maior número de visitantes e clientes durante os Jogos.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 devem gerar um tráfego de dados 50% maior do que os Jogos Olímpicos de 2012, tornando este o evento esportivo no Brasil mais conectado da história. Também é estimada a presença de 350 mil a 500 mil turistas estrangeiros, além de uma grande quantidade de fãs brasileiros.

O grande fluxo de pessoas em uma cidade de mais de seis milhões de habitantes implica também na sobrecarga das redes wi-fi muito além da sua capacidade normal, por isso a Linktel contratou a iBwave.

"As soluções iBwave Design e iBwave Mobile Planner trabalham de mãos dadas para entregar funcionalidades intuitivas que reduzem o tempo de projeto e os custos. Com iBwave os nossos projetos wi-fi são entregues a tempo e com extrema precisão", afirma Jonas Trunk, presidente da Linktel.

Com as soluções, os engenheiros da companhia podem realizar medições em campo e compartilhar as informações através da computação em nuvem com a equipe que fica no escritório. I

"É um prazer poder usar a experiência em instalações olímpicas que já tínhamos para ajudar a Linktel a fornecer aos usuários redes wi-fi confiáveis para este evento tão aguardado", disse Angelica Potes, Diretora de Vendas CALA na iBwave.

Fundada em 2003, a iBwave atendea  cerca de 700 operadoras, integradores de sistemas e fabricantes de equipamentos em 83 países. A empresa tem sede em Montreal.

Veja também

ESTRUTURA
Rio 2016: Embratel, Cisco, EMC e Atos

A estrutura de comunicação dos jogos será fornecida pelas quatro empresas, com dois data centers.

CONECTIVIDADE
Cisco: por trás das redes do Rio 2016

Multinacional importará cerca de 60 toneladas em equipamentos de rede e servidores.

PAGAMENTOS
Visa terá wearable nas Olimpíadas

A ideia da Visa é lançar um wearable para o uso dentro e fora do Parque Olímpico.

SUPORTE TECNOLÓGICO
Atos: centro de operações para Rio 2016

Infraestrutura do centro inclui segurança, telecomunicações, energia e os sistemas de resultados.

REVITALIZAÇÃO
Cisco: wi-fi público no Porto Maravilha

A primeira fase do projeto, de caráter experimental, foi lançada na Praça Mauá.

OLIMPÍADAS
Atos finaliza testes para Rio 2016

O Ensaio Técnico foi projetado para testar o sistema de TI durante as três datas de maior demanda.

NFC
Visa lança wearable com Bradesco

O dispositivo está disponível exclusivamente no Brasil para uso nos Jogos Olímpicos.