Não, este não é o videogame. Foto: divulgação.

O Google está de olho em um novo e rentável mercado para o Android: os videogames. Segundo o Wall Street Journal, a empresa está desenvolvendo um console dedicado a jogos usando o sistema operacional.

Aproveitando os bons números de vendas de jogos para Android na Google Store, a empresa de Mountain View pretende estender seu alcance para o mercado de hardware, acompanhando o lançamento de sua próxima versão do sistema, prevista para o segundo semestre.

Na parte de software de games, o Google vai bem, registrando um crescimento em vendas superior ao de empresas consolidadas no setor, como Microsoft, Sony e Nintendo. O mercado de games, em geral, omvimenta cerca de US$ 25 bilhões/ano.

O plano do Google também tem a ver com a constante rivalidade com a Apple, cujo próximo Apple TV deverá contar com recursos de videogame, segundo reportam analistas, embora a Apple não confirmou nada.

Atualmente, smartphones mais avançados como o Samsung Galaxy S4 e iPhone 5 já contam com processadores mais avançados que os videogames da atual geração - Playstation 3 e Xbox One - o que representou um boom de qualidade nos jogos mobile.

Outra iniciativa que chamou a atenção do Google foi o projeto de crowdfunding Ouya, um console baseado em Android que foi vendido por US$ 99 e teve suas unidades esgotadas. Segundo o WSJ, o Ouya foi uma inspiração para esta nova iniciativa.