TIM fecha parceria com bancos no NFC. Foto: reprodução.

A TIM está investindo para puxar a frente dos pagamento móveis por Near Field Communication (NFC) no país. Depois de firmar operação com o Itaú, agora a operadora assinou uma parceria com o Bradesco.

O plano é lançar a tecnologia de pagamento até o final de 2013, mas pilotos e simulações já estão em andamento com clientes selecionados e estabelecimentos em São Paulo e Rio de Janeiro.

Segundo destaca a Exame, com o Itaú, a parceria envolve a Redecard e a Mastercard, com o apoio da multinacional Gemalto. Já com o Bradesco é por meio da bandeira Visa e as máquinas da Cielo.

Na semana passada, o governo baixou uma Medida Provisória que busca estabelecer as bases jurídicas para estimular o uso do celular como meio de pagamento. Agora, o Banco Central tem 180 dias para definir as condições de prestação de serviço pelas operadoras de telefonia.

Uma projeção embasada em dados como os da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), segundo a qual 75% dos brasileiros possuem algum tipo de cartão de pagamento, e do IDC, que informa que os smartphones já são um quarto do mercado nacional de celulares.

No primeiro semestre de 2012 foram vendidos 6,8 milhões de smartphones ante 3,8 milhões de unidades no mesmo período de 2011, segundo a consultoria.

Globalmente, um levantamento feito pelo site de tecnologia TechCrunch em 2012 estimou que as transações via pagamentos móveis poderiam atingir a casa dos US$ 171,5 bilhões nos EUA no ano, aumento de 60% em relação a 2011.

O estudo mostrou também que o número de pessoas que usa alguma forma de pagamento móvel também deveria crescer 32% ano/ano no país, chegando a 212,2 milhões de pessoas no fim de 2012.