A Cisco fechou uma parceria tecnológica com o Museu do Amanhã. Foto: Bernard Lessa.

A Cisco fechou uma parceria tecnológica com o Museu do Amanhã que inclui fornecimento de tecnologia de colaboração e a criação da “Oficina Digital Criativa” no Laboratório de Atividades do Amanhã. 

O espaço oferecerá cursos, roteiros e kits de desenvolvimento criativo em internet das coisas (IoT), além de painéis de visualização artística dos dados que estarão sendo trabalhados pelos participantes.

A iniciativa da Cisco e do Museu do Amanhã pretende incentivar o ecossistema de inovação em IoT e o uso da tecnologia pela comunidade através do fomento ao desenvolvimento de novas soluções em cima da plataforma conectada urbana que a Cisco está implementando no Porto Maravilha. 

A parceria, que faz parte do projeto de Legado de Inovação Urbana da Cisco no Porto Maravilha, oferece um pacote de ações previstas para o segundo trimestre de 2016.

Como parte da parceira, a Cisco também fornecerá tecnologia de colaboração, dotando o Laboratório de Atividades do Amanhã, o Observatório do Amanhã e o Auditório do Museu com as soluções de telepresença e webex. 

O Laboratório de Atividades do Amanhã é um espaço dedicado à inovação e à experimentação com dois focos principais de atuação: os efeitos e resultados das tecnologias exponenciais como inteligência artificial, internet das coisas, robótica, genômica, impressão 3D, nano e biotecnologia e o futuro de temas como trabalho, urbanização, fabricação e alimentação. 

Já o Observatório do Amanhã funciona como um radar do museu, que captura e transmite informações geradas a partir de diferentes centros de conhecimento nas áreas de ciência, cultura e tecnologia. 

“Queremos estimular a inovação por meio do desenvolvimento de soluções digitais com base na IoT e digitalizar a colaboração entre o museu e o mundo. A parceria permitirá que artistas digitais, desenvolvedores de aplicativos, engenheiros, estudantes, pesquisadores e outros profissionais experimentem soluções que transformam a vida dos cidadãos em ambientes urbanosl”, afirma Nina Lualdi, diretora de Inovação da Cisco na América Latina.

Esta parceria visa promover a inovação social e urbana no Porto Maravilha. Por meio de ações dos setores público e privado, o Porto Maravilha tem o objetivo de ser um modelo de bairro inteligente, com zonas residencial e comercial, rede de transporte público e infraestrutura de telecomunicações eficientes. 

O Museu do Amanhã é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro, concebido e realizado em conjunto com a Fundação Roberto Marinho, tendo o Banco Santander como Patrocinador Máster.

Com custo total de cerca de R$ 230 milhões, o museu foi aberto em dezembro de 2015 e recebeu cerca de 25 mil visitantes em seu primeiro final de semana de funcionamento.