Ambev é a maior cervejaria do Brasil. Foto: https://www.flickr.com/photos/fotografias_anderson/

A Ambev contratou a Nimbi, uma companhia carioca de tecnologia para as áreas de compras, suprimentos e logística, para implementar soluções que contemplam desde o processo de homologação de fornecedores à emissão de pedidos, o chamado e-procurement.

O contrato vale para Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Além das soluções de e-procurement, a Cervejaria Ambev também terá acesso ao Marketplace B2B da Nimbi, que conta com mais de 200 mil empresas e mais de R$ 100 bilhões transacionados,.

"Estamos orgulhosos por termos sido selecionados por uma empresa que busca excelência em todas as suas áreas de operação e que se preocupa com o desenvolvimento de seus fornecedores", afirma Felipe Almeida, CEO da Nimbi.

Almeida não chega a mencionar o fato, mas um contrato como a da Ambev certamente foi disputado por gigantes multinacionais como a SAP, que gastou US$ 4,3 bilhões em 2012 para comprar uma companhia de e-procurement, a Ariba.

A Nimbi faturou R$ 35,8 milhões em 2018, uma alta de 33% frente ao ano anterior.

A empresa trabalha com um pacote de serviços baseado em assinatura, sem custo de implementação e sem taxa por transação, atendendo empresas como Leroy Merlin, CVC e MSC.

A Cervejaria Ambev produz cervejas, refrigerantes, energéticos, sucos, chás e água. Na parte de cervejas, em particular, controla quase 70% do mercado brasileiro. O lucro líquido em 2018 foi de R$ 11,3 bilhões.