Felipe Calixto, CEO da Sankhya. Foto: Divulgação.

A Sankhya, fornecedora de soluções de gestão empresarial, registrou crescimento de 30% ao ano com um faturamento de R$ 170 milhões em 2018. Em 2019, a expectativa é obter receita de R$ 220 milhões

A expansão das atuais 25 Unidades de Negócio e o lançamento de novas tecnologias fazem parte da estratégia da empresa para atingir essa meta.

Oito novas unidades serão inauguradas nos seis primeiros meses. 

“Essas inaugurações devem consumir um investimento total de R$ 10 milhões”, afirma Felipe Calixto, CEO da Sankhya.

Além de novas cidades no Brasil, a empresa tem entre seus planos abrir operações em países como Argentina, Chile, Paraguai, México e Colômbia.

“Mas não descartamos analisar outros países além desses, caso estes tenham perfil de mercado alinhado com nossa estratégia”, diz Breno Riether, diretor nacional de vendas da Sankhya.

O estado de São Paulo será uma das grandes apostas dessa expansão. 

“Miramos as cidades do litoral e do interior, como Sorocaba e São José do Rio Preto”, destaca.

Londrina (PR), Joinville e Chapecó (SC), Juiz de Fora (MG), Palmas (TO), Caxias do Sul (RS) e São Luis (MA) também estão entre as prioridades.

Em 2019, para suportar o crescimento estimado, a Sankhya planeja ampliar sua equipe, passando dos 1050 profissionais atuais para cerca de 1,3 mil.

Novas tecnologias também serão lançadas, fortalecendo o portfólio de soluções oferecidas ao mercado. Entre elas estão novas funcionalidades de inteligência artificial para a BIA (assistente virtual), um novo conceito em folha de pagamento e uma nova solução de PDV que trará recursos web.

A companhia ainda deve lançar uma solução que mudará a experiência de navegação entre todas as plataformas da companhia (Sankhya EVO) e a evolução da plataforma de benchmarking com institutos de pesquisa nacionais e internacionais. Outra aposta será a solução voltada a pequenas empresas, Jiva.