Aeroporto de Joinville espera receber mais de 500 mil em 2014. Foto: Matheus Wahl.

Tamanho da fonte: -A+A

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) homologou nesta quinta-feira, 26, a operação do ILS (Instrument Landing System) no aeroporto de Joinville.

Um avião da Gol já operou com o uso do equipamento no final da tarde de ontem. 

"Essa conquista é um marco para Joinville. A cidade terá condições de receber mais voos", comemora o secretário de desenvolvimento econômico, Jalmei Duarte.

O ILS é um sistema de aproximação das aeronaves por instrumentos que vai reduzir de 2 mil para 1,2 mil metros a distância de visão horizontal da pista na hora do pouso e de 400 para 300 pés (cerca de 60 metros) o teto de aproximação vertical da pista.

Com o ILS, a prefeitura afirma que haverá um ganho de 61% na performance dos pousos, ou seja, de cada 100 poucos abortados por questão de mau tempo, 61 poderão ser realizados com esse sistema.

O sistema é um meio importante para aumentar o número de voos da cidade. Em 2012, o aeroporto de Joinville liderou a lista dos mais fechados no Brasil, com 163 fechamentos.

Algumas opções utilizadas pelos passageiros para evitar a incerteza a respeito dos pousos e deconlagens são os aeroportos de Navegantes e Curitiba. A distância de condução dessas cidades para Joinville é de, respectivamente, 82 km e 141 km.

O aeroporto de Joinville recebeu 357 mil passageiros no ano passado. A expectativa é que o número passe de 500 mil em 2014. 

Outro passo para aumentar a capacidade é elevar o PCN (pavement classificantion number) do aeroporto. O número indica a resistência do pavimento da pista para operação, sem restrições, das aeronaves. 

Atualmente, o PCN é 33 e deve ser elevado para 51, segundo a Infraero. Assim, a pista poderá receber aeronaves com maior capacidade de passageiros e de cargas.